Coronavírus: população indígena da Região será testada

Segundo dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), 839 índios já perderam a vida em decorrência da doença e 35.212 foram contaminados

Comentar
Compartilhar
07 OUT 2020Por Da Reportagem13h43
Jjá foram realizados o procedimento nas populações indígenas das aldeias do Litoral Norte, Litoral Sul, Centro Oeste Paulista e Vale do RibeiraFoto: NAIR BUENO/DIÁRIO DO LITORAL

O Governo de São Paulo atendeu à solicitação da deputada estadual Professora Bebel (PT) e vai realizar a testagem para Covid-19 de toda a população indígena do Estado. Segundo dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), 839 índios já perderam a vida em decorrência da doença e 35.212 foram contaminados.

No documento n º 2824/2020, enviado no dia 24 de junho à Secretaria Estadual de Saúde, a Professora Bebel relata que sua "preocupação com a população índigena é justamente o grau de infecção que acomete as aldeias indígenas de nosso Estado, de modo que se possa, após conhecer esse resultado, planejar medidas de combate à infecção nesta população específica".

Ao acatar a indicação da deputada estadual Professora Bebel, o secretário Executivo da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro Adriano, informou que a testagem já está sendo realizado em parceria com o Instituto Butantan e colaboração da UNICAMP. De acordo com o secretário, até o momento já foram realizados o procedimento nas populações indígenas localizadas nas aldeias do Litoral Norte, Litoral Sul, Centro Oeste Paulista e Vale do Ribeira. Na capital, a testagem está sendo feita pela Secretaria Municipal da Saúde.

Satisfeita em ter sua solicitação atendida, a deputada estadual Professora Bebel ressaltou: "Esta pandemia é desafiadora, mas não descansei, realizando um trabalho intenso em defesa da vida de toda a população paulista sobretudo dos segmentos mais vulneráveis".