Guarda Portuário mata homem que teria invadido imóvel em Bertioga

A APS confirmou o ocorrido e diz que o guarda agiu em legítima defesa

Comentar
Compartilhar
14 OUT 2021Por Da Reportagem11h37
Policiais da Delegacia Sede de Bertioga prenderam o homem em flagrantePoliciais da Delegacia Sede de Bertioga prenderam o homem em flagranteFoto: Nair Bueno/DL

Um homem foi baleado e morto por um guarda portuário em Bertioga, na última segunda-feira (11). Segundo relato do profissional, o homem e mais três suspeitos tentavam assaltar uma residência da Autoridade Portuária de Santos (APS).

O imóvel é atual residência do guarda, que teria ouvido barulhos do lado de fora da casa e saiu para averiguar. Ele viu os invasores e atirou contra eles, um foi baleado e morreu enquanto os outros três ainda não foram identificados, pois teriam fugido pela mata após troca de tiros.

A APS confirmou o ocorrido e afirma que o guarda portuário reagiu em legítima defesa. Ao investigar a área, a Polícia encontrou um dos suspeitos morto e em posse de uma arma de fogo.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Bertioga como homicídio com legítima defesa. O guarda portuário não foi ferido.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.