Modesto entrevista Dorival e Mancini e agora se reúne com Comitê Gestor

Sem pressa, o presidente não quis cravar um prazo para anunciar a decisão, porém, confirmou que hoje não existe chance de Marcelo Fernandes ser efetivado no cargo

Comentar
Compartilhar
10 MAR 201519h17

Não será nesta terça-feira que o torcedor santista conhecerá o novo treinador do clube. "Pode fechar a edição porque hoje não teremos definição", avisou Modesto Roma Jr antes mesmo da primeira pergunta, em contato por telefone com a reportagem.

Assim como havia dito logo após a saída de Enderson Moreira, o mandatário ‘entrevistou’ os concorrentes que sobraram após a peneira feita da lista inicial de pretendentes ao cargo e que deixou apenas Dorival Jr e Vagner Mancini na disputa.

"Estava em São Paulo, conversei com os dois e agora vamos analisar", contou Modesto, que agora pretende se reunir com o Comitê Gestor do clube para expor o que rendeu das conversas desta terça-feira. "Sim, preciso passar tudo, não decido nada sozinho. Se eu pudesse, contrataria os dois, os dois são excelentes. Vamos ver o que é melhor para o Santos", explicou.

Sem pressa, Modesto não quis cravar um prazo para anunciar a decisão, porém, confirmou que hoje não existe chance de Marcelo Fernandes ser efetivado no cargo.

"Não, agora não é o momento. Seria uma sacanagem com o Marcelo. Ele é um profissional exemplar, está no clube há muito tempo, é muito competente, mas este não é o momento porque na primeira crise ele cairia", admitiu.

Marcelo Fernandes jogou pelo Santos na década de 90 e é um os auxiliares da comissão técnica permanente do alvinegro praiano. Depois de comandar o time na vitória por 3 a 0 diante do Botafogo-SP, no último domingo, Fernandes terá uma missão mais árdua nesta quarta-feira, já que estará à frente do time no clássico contra o Palmeiras, às 22 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro. Mais uma vez com o auxílio de Serginho Chulapa.

Modesto entrevistou os dois postulantes ao cargo (Foto: Divulgação/Santos FC)

Elenco aprovou

Mais cedo, após o último treino antes do clássico, o zagueiro David Braz revelou que a diretoria santista ouviu o elenco sobre a possibilidade da contratação de Dorival Jr e Vagner Mancini.

“Nós gostamos das opções, mas só isso. Se eles apresentassem dez opções, íamos apoiar todas. A gente não tem nada a ver com o que eles vão decidir. O legal é que eles vêm falar com a gente, tem um diálogo entre a diretoria e os jogadores, é interessante”, disse um dos líderes do grupo.