Líderes do Espanhol, Barcelona e Atlético medem forças pela Liga

Durante as tradicionais coletivas de imprensa pré-jogo, os técnicos pregaram respeito um ao outro e trocaram elogios entre as equipes

Comentar
Compartilhar
01 ABR 201411h11

Respectivamente líder e vice-líder do Campeonato Espanhol, Atlético de Madrid e Barcelona se enfrentam nesta segunda-feira, às 15h45 (de Brasília), no Camp Nou, pelo jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

Durante as tradicionais coletivas de imprensa pré-jogo, os técnicos pregaram respeito um ao outro e trocaram elogios entre as equipes. O duelo também marcará o encontro entre dois treinadores argentinos, Gerardo Martino e Diego Simeone, nas quartas de final da Liga.

“O Atlético vem fazendo grandes coisas nesta temporada, assim como na última. Eles estão vivos em duas competições e se sentem muito fortes e confiantes. Em nossas três últimas partidas contra eles, mostraram que são um adversário muito complicado. Precisamos vencer e não ceder nenhum gol”, avaliou Martino.

O técnico colchonero também foi cuidadoso ao falar do adversário. “Acho que essa partida será a mais difícil até aqui contra o Barcelona. Eles voltaram a jogar o seu melhor e irão querer decidir tudo no jogo de ida, e não no jogo de volta. Precisamos aproveitar todas as chances que tivermos”, comentou Simeone.

Neymar deve ser titular no ataque ao lado de Messi e Iniesta, com Xavi e Fàbregas mais recuados (Foto: Divulgação)

Nesta temporada, Barcelona e Atlético de Madri se encontraram em três oportunidades, empatando em todas elas. Os primeiros encontros foram na decisão da Supercopa da Espanha, conquistada pelo Barça devido a um gol marcado fora de casa por Neymar. No Vicente Calderón, os times ficaram no 1 a 1 e zeraram no jogo de volta. Pelo Espanhol, houve um novo 0 a 0, pela última rodada do primeiro turno.

Para o duelo, o Barcelona não poderá contar com Valdés, de fora do restante da temporada. Apesar da desconfiança da torcida, o reserva Pinto deve ser o titular do time. Martino também irá aguardar para confirmar a presença de Song e de Puyol, que se recuperam de lesão e podem ser opção no banco de reservas. Neymar deve ser titular no ataque ao lado de Messi e Iniesta, com Xavi e Fàbregas mais recuados.

No Atlético, o Simeone terá um importante desfalque. Titular absoluto, o meia Raúl García terá de cumprir suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Rodríguez e Sosa são as opções para a vaga do espanhol. Além disso, a equipe pode ter de jogar sem seu principal jogador na temporada., o goleador Diego Costa. O brasileiro naturalizado espanhol sente dores no joelho esquerdo e será dúvida até poucas horas antes do início do confronto. O único completamente descartado por lesão é o lateral direito reserva Javi Manquillo.