Coluna

Pesquisa confirma favoritismo de Kayo Amado em São Vicente e outros assuntos

Paulo Alexandre Barbosa identifica série de erros em morte de jovem em Praia Grande

LG Rodrigues

Publicado em 20/04/2024 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

De acordo com o levantamento, caso as eleições fossem hoje, o atual prefeito de São Vicente, Kayo Amado (Pode), seria reeleito já no primeiro turno / ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL

Pesquisa. Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o nº SP-05249/2024, a pesquisa eleitoral para a Prefeitura de São Vicente, realizada pela Avance & Lulo Comunicação e divulgada neste fim de semana, aponta, como muitos esperavam, pouca surpresa no atual cenário eleitoral no município.

Beloved ahead. De acordo com o levantamento, caso as eleições fossem hoje, o atual prefeito de São Vicente, Kayo Amado (Pode), seria reeleito já no primeiro turno. Segundo a pesquisa, Amado teria 81,2% dos votos válidos, ou seja, aprovação de 8 em cada 10 vicentinos para sua reeleição. Na sequência vêm Caio França (PSB), que aparece com 5,2%, e Solange Freitas, que teve 4,5% entrevistas a seu favor.

Ainda sobre o bullying. Além do deputado estadual Caio França, o deputado federal Paulo Alexandre Barbosa também cometou a respeito da morte de um estudante em Praia Grande, mas ele destacou que o bullying muito provavelmente foi só um dos muitos problemas constatados no caso e destacou também o fato de que a família do jovem buscou ajuda médica múltiplas vezes, incluindo em outra cidade.

Abre aspas. "Como pai, não posso nem imaginar a dor e a revolta da família do Carlos Teixeira, adolescente de 13 anos que morreu após agressão brutal sofrida dentro da escola. Mas como gestor, sinto o peso da responsabilidade de trabalharmos por um atendimento público digno e efetivo para a nossa população. Esse menino foi agredido no ambiente onde deveria estar feliz e seguro, segundo os pais, foi liberado três vezes da UPA com fraturas graves. Caso absurdo, com uma sequência de omissões inadmissíveis", afirmou.

Passou. Motivo de matérias aqui no Diário do Litoral no passado, o projeto de lei 247/2021, que institui monitoramento por câmeras de segurança nas creches e Unidades Municipais de Educação da Cidade de Santos foi aprovado em segunda discussão.

Ao Executivo. De autoria do vereador João Carlos de Assis Neri, o texto agora seguirá para o Executivo santista antes de receber veto ou sanção. Vamos acompanhar.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter