Contraponto

Rosana Valle amplia vantagem e Furtado gera burburinho

Segundo o Instituto Paraná Pesquisas a deputada lidera com 8,6% acima do atual Prefeito Rogério Santos (Republicanos)

LG Rodrigues

Publicado em 01/05/2024 às 08:07

Atualizado em 01/05/2024 às 08:16

Comentar:

Compartilhe:

Deputada Rosana Valle / Divulgação

Rosana Valle. Em apenas um mês, a deputada federal do PL ampliou vantagem em 2 pontos percentuais na corrida pela Prefeitura sobre o atual mandatário, Rogério Santos (Republicanos); no cenário espontâneo, segundo o Instituto Paraná Pesquisas, Rosana lidera com 8,6%, acima de Rogério e do ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

Pesquisa. O levantamento divulgado pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra uma aceleração no desempenho da deputada federal Rosana Valle (PL-SP) na corrida eleitoral para a Prefeitura de Santos. No cenário estimulado, a congressista abriu 11 pontos percentuais de vantagem sobre o atual mandatário, Rogério Santos (Republicanos) - 38,1% a 27,1% -, e 21,8 pontos sobre a vereadora Telma de Souza (PT). Não sabem ou não responderam somam 6,3%. Já brancos e nulos correspondem a 8,4%.

Rapaz... O vereador Benedito Furtado gerou bastante burburinho durante a 24ª Sessão Ordinária da Câmara de Santos ontem (30). No momento de sua fala, o plenário discutia o item 4 da Ordem do Dia, que incluía uma série de projetos de resolução relacionados ao Regimento Interno do Legislativo santista.

O que se deu? Ao debater uma emenda de Benedito, que prevê que os atos administrativos da Câmara serão validados quando assinados pelo Presidente e dois secretários, o vereador Bruno Orlandi destacou que a emenda não privilegiaria a melhor 'técnica jurídica' e talvez pudesse trazer algum 'engessamento' à administração da Casa de Leis.

Entretanto. Após o vereador Pastor Roberto afirmar que acompanharia o presidente da Comissão na decisão de dar parecer contrário ao projeto, Benedito se mostrou indignado, levantou e foi ao púlpito para se pronunciar.

Abre aspas. "Eu queria falar olhando para vocês, para cada um de vocês, aqui não tem nenhum anjo de candura. Aqui, eu diria que o mais bobo engana a mãe de vez em quando". Daí em diante, entretanto, vários parlamentares se mostraram ofendidos e o presidente da Casa, Cacá Teixeira também exigiu que o parlamentar pedisse desculpas.

Bate boca. Em seguida, Benedito disse que falou de forma figurativa e se desculpou afirmando que os parlamentares se ofenderam de forma desnecessária. Porém, na sequência, ao explicar seus motivos, Furtado destacou que a Câmara não seguiria o procedimento correto ao assinar os atos e explicou que o regime no local seria 'presidencialista'.

Por fim. Ele afirmou que o regimento apontaria que 'quem assina os documentos aqui na Cãmara são o presidente e os dois secretários, porque o regimento diz o seguinte, que pode ser com pelo menos uma assinatura dos dois secretários e é aí que está a pegadinha. Não é com o primeiro secretário, é um dos dois, e é onde entra, me desculpe a expressão, a picaretagem. Por que que não é o primeiro e na falta do primeiro secretário, excepcionalmente, se o cara estiver doente, assina o segundo? Porque o presidente quer a assinatura dele e mais um. Os dois secretários se quiserem assinar não vale nada, é ele e mais um e o presidente escolhe quem ele quer assinar pra fazer aquilo que ele quer e o que eu quero aqui é que esta Casa tenha mais seriedade'.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter