X
Política

Ministro da Saúde anuncia que vai deixar cargo até abril para se candidatar

'Eu saio para disputar a eleição. Vou concorrer à reeleição de deputado federal," disse Ricardo Barros

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, atualmente licenciado do mandato de deputado federal (PP-PR), disse hoje (4) que deixa a pasta até abril para tentar a reeleição para o cargo no Congresso Nacional / Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, atualmente licenciado do mandato de deputado federal (PP-PR), disse hoje (4) que deixa a pasta até abril para tentar a reeleição para o cargo no Congresso Nacional.

“Eu saio para disputar a eleição. Vou concorrer à reeleição de deputado federal. E fico no ministério até a data que o presidente me solicitar, desde que seja até 7 de abril, porque preciso desincompatibilizar”, explicou.

Outras saídas

Ontem (3), o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, entregou à Presidência da República carta pedindo exoneração do cargo de ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, alegando questões pessoais e partidárias.

Já no final de dezembro, o deputado federal Ronaldo Nogueira (PTB-RS) também pediu exoneração do cargo de ministro do Trabalho para se dedicar à campanha eleitoral. Ele será substituído pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), cuja nomeação foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Habitação

Em Guarujá, Prefeitura inicia segunda fase de obras no Parque da Montanha

Nesta fase, são 649 moradias destinadas a famílias do Complexo Prainha, em Vicente de Carvalho; já a 1ª fase de obras está sendo finalizada, faltando apenas entregar 49 unidades, o que deve acontecer até o final do ano

SELEÇÃO BRASILEIRA

Britânico 'chama a polícia' por feiura da camisa azul da seleção

'Oi, polícia? Eu gostaria de denunciar um crime contra o bom gosto', escreveu o britânico ao se deparar com o novo manto da seleção

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software