X

Itanhaém

Filhotes e cadela da raça Pitbull são resgatados em Itanhaém; vídeo

No total eram 12 filhotes, mas apenas cinco e a cadela ainda estavam vivos. Eles foram vítimas de maus tratos e resgatados de uma casa, no bairro Laranjeiras

Nayara Martins

Publicado em 25/07/2022 às 16:39

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Filhotes e a cadela estavam em precárias condições de higiene, sem comida e sem água / Nair Bueno/ DL

Cinco filhotes e uma cadela da raça Pitbull estavam em situação de maus tratos, em uma casa localizada na rua Ceará, no bairro Jardim Laranjeiras, em Itanhaém. Eles foram resgatados na manhã de sábado (23), pela equipe do departamento de Proteção e Bem Estar animal, da secretaria municipal de Meio Ambiente, de Itanhaém.    

O diretor William Ramos afirmou que recebeu uma denúncia que havia uma cadela da raça Pitbull com um filhote pendurado e enforcado em sua coleira, no bairro Jardim Laranjeiras. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A equipe do departamento foi imediatamente ao local e constatou a situação, onde a cadela estava com o filhote morto enforcado e preso na coleira, além de mais cinco filhotes em estado bastante crítico de maus tratos. 

“A cadela e os filhotes estavam em péssimas condições sem água e sem comida e no chão sujo com pulgas e carrapatos. Soubemos que a cadela deu cria a 12 filhotes e que foram morrendo aos poucos de fome e de frio, restando apenas cinco”, relata.

A ação de resgate levou cerca de duas horas. Os animais foram resgatados e levados para o canil da ONG Saúde Animal para Todos, no bairro Rio Preto, onde já estão recebendo os cuidados necessários. Ele deverão ser disponibilizados para adoção nos próximos dias. 

Ainda foram encontrados no local quatro canários da terra “Sicallis falveola”, em três gaiolas sujas e inadequadas, com fezes e o bebedouro com limo. A veterinária Symony Inoue confirmou que todos estavam em situação de maus tratos. 

A Polícia Ambiental, que acompanhou a ação de resgate, aplicou multa no valor de R$ 72 mil. Apesar de o proprietário não estar na casa, os policiais localizaram um documento e, segundo uma testemunha, é do proprietário dos animais.

O processo será encaminhado à Polícia Civil para as providências cabíveis. O tutor deverá responder por crimes de maus tratos.

Participaram da ação de resgate dos animais o secretário municipal de Meio Ambiente, César Ferreira, o diretor William Ramos, do departamento de Proteção e Bem Estar Animal, o assessor Leonardo Adia, a veterinária Symony Inoue da ONG Saúde Animal, o adestrador Thiago Loreto, o presidente da ONG Saúde Animal para Todos, Vinícius e a equipe da Polícia Ambiental do 3º Batalhão de Itanhaém.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Cocaína é encontrada em casco de navio no Porto de Santos

Foram encontrados 64 tabletes de cocaína no sea chest do navio, compartimento localizado no casco

Santos

Praiamar Shopping recebe exposição de carros antigos

Chamada 'Carona para o Passado', mostra terá 16 veículos consagrados da Volkswagen expostos na Praça Central do mall a partir da próxima quinta-feira (18)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software