Cicinho volta, joga 30 minutos, é expulso, e desfalca Peixe no clássico

Assim que entrou em campo, o lateral levou cartão amarelo por falta. Aos 43, recebeu outro amarelo por retardar o reinício da partida em cobrança de lateral

Comentar
Compartilhar
09 FEV 201511h00

Depois de ficar afastado por lesão, o lateral direito Cicinho voltou ao time do Santos neste domingo, mas o retorno ficou muito aquém do esperado. O defensor entrou em campo aos 13 minutos do segundo tempo do jogo contra o Red Bull Brasil, no Estádio Teixeirão, em São José do Rio Preto – partida vencida pelo Peixe por 2 a 1 – e ficou apenas 30 minutos em campo, pois aos 43 foi expulso pelo árbitro. Agora, ele será novamente desfalque na próxima rodada do Campeonato Paulista.

Assim que entrou em campo, Cicinho levou cartão amarelo por falta no campo de defesa. Aos 43, recebeu outro amarelo por retardar o reinício da partida em uma cobrança de lateral. A indisciplina custou a expulsão e deixou o Santos com um jogador a menos em campo – neste momento, a equipe da Baixada Santista já vencia por 2 a 1.

Enquanto isso, quem ganha espaço no elenco é Victor Ferraz. O jogador, que chegou ano passado à equipe, é a solução que Enderson Moreira encontra para a lateral direita. Neste domingo, o defensor se mostrou disposto e participou de diversas jogadas ofensivas do Peixe, apoiando bastante o ataque.

Suspenso, Cicinho não encara o São Paulo (Foto: Divulgação/Santos FC)

Zeca e Daniel Guedes são opções para as laterais que vieram da base santista. Do lado esquerdo, o novo dono da posição é Chiquinho, ex-Fluminense. No entanto, o jogador terá que brigar com Caju – jovem que retorna nesta semana da Seleção Brasileira Sub-20.

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, para receber o São Paulo, pela quarta rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. As duas equipes estão invictas na competição. O Tricolor, inclusive, tem 100% de aproveitamento até aqui.

Colunas

Contraponto