Governo regulamenta profissão de comerciários

Categoria possui 12 milhões de trabalhadores no País e 60 mil na Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
15 MAR 201320h06

Uma das mais antigas profissões do Brasil, com cerca de 12 milhões de trabalhadores em todo País, 2,5 milhões no Estado e 60 mil na Baixada Santista, teve hoje (15) sua profissão reconhecida e regulamentada pelo Governo. A publicação saiu no Diário Oficial da União e serviu para comemorações dos trabalhadores em todo o Brasil.

A regulamentação vinha sendo uma bandeira de luta dos sindicatos, federações e da Confederação da categoria. "Temos agora a nossa identidade, pois comerciário é uma profissão", disse Arnaldo Azevedo Biloti, presidente do Sindicato dos Comerciários de Santos e Região.

Ele esteve reunido na quinta-feira com o presidente da Federação Estadual dos Comerciários, Luiz Carlos Mortta, para saber sobre a sanção presidencial, pois diz que vinha sendo cobrado constantemente pelos associados.

Biloti diz que agora em vez de balconista ou vendedor, na carteira de trabalho o contrato vai constar simplesmente comerciário. Já Luiz Carlos Motta diz que a luta foi difícil e longa, mas vitoriosa. "Vamos continuar na luta por melhores salários e para aumentar a dignidade dos comerciários".

Azevedo Biloti e Luiz Carlos Mortta estiverem reunidos na Federação Estadual dos Comerciários (Foto: Divulgação)