SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Paulo Alexandre pede cautela: 'A pandemia não acabou'

Prefeitos de Santos e Itanhaém se mostraram satisfeitos com o reconhecimento das autoridades estaduais, mas pregam calma

Comentar
Compartilhar
11 JUL 2020Por LG Rodrigues08h11
Integrantes do Governo do Estado elogiaram cidades da Baixada Santista no combate ao novo coronavírus nos últimos meses.Foto: Divulgação/Governador do Estado de São Paulo

Apesar de ter celebrado a evolução da Baixada Santista dentro do Plano SP e de ter acompanhado de perto a 89ª coletiva de imprensa concedida pelo Governo do Estado para divulgar detalhes sobre a atualização de dados referentes à pandemia do novo coronavírus, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), pediu calma e cautela à população e afirmou que o fato do município ter entrado na Zona Amarela junto com seus outros oito vizinhos, não significa que essa é a hora para relaxar.

A reclassificação da Baixada Santista para a Zona Amarela permite que os shoppings centers, escritórios e outros estabelecimentos comerciais permaneçam abertos por mais tempo do que na Fase Laranja, mas também concede permissão para que salões de beleza e academias sejam reabertas, mesmo que de forma limitada.

Nesta sexta-feira (10), o próprio prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), realizou uma reunião com a categoria antecipando a reabertura das atividades contando com normas rígidas que englobam desde o atendimento de funcionários até limpeza dos aparelhos de ginástica. Já Paulo Alexandre afirmou que o momento é de cautela.

"Desde o início, tomamos medidas rigorosas, nos empenhamos para preparar a rede pública de saúde e fomos pioneiros, no Estado, com a pesquisa epidemiológica. Mas é importante ressaltar que a pandemia não acabou. Seguir com prudência e responsabilidade é obrigação de todos para nos mantermos na fase amarela e avançarmos", afirmou o prefeito.

Além de Paulo Alexandre Barbosa, o prefeito Marco Aurélio Gomes (PSDB), de Itanhaém, também esteve na Capital para acompanhar o anúncio e ficou satisfeito com o anúncio.

"Recebemos o anúncio pelo governador de que a Baixada Santista está enquadrada na Fase Amarela. É um avanço importante para as atividades comerciais, aumentando o horário e a capacidade de atendimento das atividades comerciais já autorizadas. Ao mesmo tempo, autorizando a reabertura de outras atividades ainda não previstas como bares e restaurantes, mas também as academias de ginástica, salões de beleza, barbearias, enfim, já estamos correndo com nosso decreto e explicaremos, em breve, quais as novas regras para que as pessoas possam se organizar e começar a retomar suas atividades normais, do dia a dia", afirmou.

"Importante dizer que estou bastante feliz porque é um reconhecimento importante com relação a todas as medidas que adotamos na nossa cidade", diz Marco Aurélio.