Praia Grande: Polícia prende em flagrante homem com cinco tijolos de cocaína

Os investigadores acompanhavam de forma dissimulada o suspeito nos últimos dias

Comentar
Compartilhar
24 FEV 2021Por Da Reportagem11h20
Dando continuidade as investigações em curso, os policiais civis foram até o apartamento do suspeito e apreenderam apetrechos utilizados na fabricação da drogaDando continuidade as investigações em curso, os policiais civis foram até o apartamento do suspeito e apreenderam apetrechos utilizados na fabricação da drogaFoto: Divulgação / Polícia Civil

Policiais da 1º Delegacia de Investigações Gerais da DEIC (1º DEIC) prenderam em flagrante, na noite desta terça-feira (23), um homem de 46 anos na posse de cinco tijolos de cocaína, totalizando 5.4kg que seriam distribuídos em pontos de tráfico da Baixada Santista.

Os investigadores acompanhavam de forma dissimulada o suspeito nos últimos dias. Na tarde de ontem, os policiais abordaram esse suspeito enquanto ele saía de sua residência dirigindo um veículo, no Bairro Boqueirão em Praia Grande.

O suspeito tentou fugir da abordagem policial e nessa fuga destruiu propositalmente o celular que trazia consigo, mas foi detido pelos investigadores, os quais conseguiram recuperar o aparelho telefônico.

Na revista veicular os policiais civis encontraram um tijolo de cocaína e uma chave de outro veículo. Imediatamente os agentes retornaram com o suspeito até a residência dele e localizaram o outro veículo com mais 4 tijolos de cocaína e R$ 26.208,00 reais oriundos da venda dos entorpecentes.

Dando continuidade às investigações em curso, os policiais civis foram até o apartamento do suspeito e apreenderam apetrechos utilizados na fabricação da droga, uma máquina de contar dinheiro, documentos veiculares, celulares, notebook e as mochilas utilizadas no transporte dos entorpecentes.

Todo material apreendido nessa ação servirá como fonte de informação para as investigações em curso na Delegacia especializada. Lavrado os procedimentos legais referentes à prisão em flagrante, o suspeito foi encaminhado ao cárcere.