Rejeição de Bolsonaro chega a 53%, pior índice do mandato

Resultado do Datafolha sugere que as últimas investidas do presidente no 7 de Setembro fizeram nicho bolsonarista perder força entre a população

Comentar
Compartilhar
16 SET 2021Por Gazeta de S. Paulo19h50
Reprovação do governo Bolsonaro chegou ao seu pior índice desde o início de seu mandatoReprovação do governo Bolsonaro chegou ao seu pior índice desde o início de seu mandatoFoto: Agência Brasil

A reprovação do governo Bolsonaro chegou ao seu pior índice desde o início de seu mandato, com 53% de rejeição, após uma semana turbulenta na qual discursou ideias de raiz golpista no feriado de 7 de setembro. As informações são da Folha.

A pesquisa realizada pelo Datafolha ouviu presencialmente 3.667 pessoas com mais de 16 anos, em 190 cidades de todo o país, entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

O governo Bolsonaro é avaliado como bom ou ótimo por 22% dos respondentes, uma diminuição frente aos 24% da pesquisa anterior, que já representava o pior índice de seu mandato. Os que avaliaram como regular foram 24%, o mesmo índice de julho.

Os resultados sugerem que as últimas investidas do político no 7 de Setembro, como os atos na avenida Paulista e em Brasília por exemplo, tem feito to nicho bolsonarista perder força entre a população. 

Ao mesmo tempo, a atitude de recuar nos ataques às instituições e ao STF (Supremo Tribunal Federal), não surtiu grande impacto na alteração da base de apoio ao presidente como era esperado pelas reações nas redes sociais.