Doria volta a afirmar que estado de SP pode receber Copa América

'Criminalizar a Copa América porque veio fruto de um entendimento do negacionista de Brasília é nós perdemos o bom senso", disse o governador

Comentar
Compartilhar
01 JUN 2021Por Gazeta de S. Paulo16h23
Ao contrário de São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Norte se posicionaram contra jogos da Copa América nos estadosAo contrário de São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Norte se posicionaram contra jogos da Copa América nos estadosFoto: Reprodução / Facebook

O governador João Doria (PSDB) voltou a afirmar hoje que o estado de São Paulo poderá receber a Copa América. Segundo ele, como já são realizados outros jogos de futebol no Estado, não poderia “criminalizar” um estado específico.

"Nós temos em São Paulo autorizados o campeonato local, temos o campeonato sul-americano, temos três divisões de campeonatos mais jovens, tem a segunda divisão do Paulista, temos a Copa do Brasil e o Brasileirão. Se tivermos que ter uma atitude coerente, temos que parar o futebol em São Paulo. Agora, criminalizar especificamente a Copa América porque veio fruto de um entendimento do negacionista de Brasília é nós perdemos o bom senso", declarou Doria.

"Obedecendo todos os protocolos rigorosamente, não há razão para a não-realização de um torneio aqui em São Paulo", completou o governador.

Ao contrário de São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Norte se posicionaram contra jogos da Copa América nos estados. As sedes ainda não foram divulgadas.

Nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que, no que depender dele, a Copa América vai ser realizada no Brasil.

“Fui instado no dia de ontem pela CBF, conversei com todos os ministros interessados. Da nossa parte, positivo”, afirmou Bolsonaro, que culpou a "TV Globo" por uma suposta “campanha” contrária à competição, já que os direitos de transmissão do torneio pertencem ao SBT.