X
Polícia

Caso Gilvan: Detido, jovem confessa crime

“Escolhemos pelos pertences”, disse o adolescente sobre a abordagem que resultou em latrocínio no Gonzaga

Detido pela Polícia Militar na tarde de ontem por participação em uma tentativa de assalto em São Vicente, o adolescente de 17 anos que era suspeito de matar o delegado Gilvan Marcílio de Freitas confessou que atirou duas vezes na autoridade policial. O latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu na noite de 16 de novembro do ano passado, na Rua Pernambuco, no Gonzaga.

Um taxista – Felipe Oliveira – foi preso horas após o latrocínio e falta, agora, a captura de Danilo Rocha Ferreira, o Dan, que permanece foragido.

Na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, o adolescente confessou o ato infracional que vitimou o delegado com riqueza de detalhes. “Escolhemos pelos pertences”, afirmou

O menor infrator disse que era, no mínimo a quarta vez, que saía com Felipe e Danilo para praticar assaltos.

Condutor do veículo escolheu a vítima, diz menor (Foto: DL)

O jovem relatou que foi o taxista que percebeu os pertences à mostra do delegado, uma corrente de ouro e um celular, e que, então, o trio decidiu pela abordagem  de Freitas, que caminhava pela Rua Pernambuco após sair de um prédio.

Enquanto o taxista ficou no carro, o adolescente e Danilo foram em direção ao delegado e anunciaram o roubo.

Danilo, ao revistar o delegado, percebeu que ele estava armado e avisou o comparsa, que atirou duas vezes. Freitas chegou a tentar sacar a arma, conforme disse o adolescente.

Gilvan Marcílio de Freitas trabalhava na Delegacia de Cubatão (Foto: Reprodução)

“Não vi nem onde acertou o tiro (o primeiro), e já vi ele caindo no chão (...) Dei outro tiro e já saímos correndo para o táxi”, disse o menor. A arma e uma corrente de ouro do delegado foram levadas pelo adolescente.

O trio fugiu para São Vicente. Cerca de uma hora após o latrocínio, o taxista procurou a polícia para dizer que foi vítima de sequestro relâmpago, mas a tentativa de se criar um álibi foi descoberta pela Polícia Civil.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

Se já estava ruim, vai piorar! Petrobras anuncia novo aumento nas refinarias

Reajuste passa a valer nesta terça-feira (26) para gasolina e diesel

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software