Prefeito de Moscou ordena que moradores não deixem suas residências

Decisão foi tomada porque casos de coronavírus crescem na cidade

Comentar
Compartilhar
30 MAR 2020Por Agência Brasil12h50
A restrição se impõe a todos os residentes da capital russa, independentemente de idadeFoto: Kremlin/Fotos Públicas

O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, ordenou nesta segunda-feira (30) que todas as pessoas da cidade fiquem em casa em isolamento, já que as infecções por coronavírus estão aumentando. A restrição se impõe a todos os residentes da capital russa, independentemente de idade, a partir desta segunda-feira.

A população só tem permissão de sair para comprar comida ou remédios nas mercearias e farmácias mais próximas, ou para colocar o lixo para fora. Andar com cachorros só é permitido até 100 metros de distância de casa. As pessoas receberam ordem de manter uma distância de 1,5 metro das outras, em locais públicos.

O prefeito afirmou que o controle vai ser reforçado com a introdução de um sistema de passe de acesso. Em Moscou, foram confirmadas 270 novas infecções no domingo, nas 24 horas anteriores.