X
Mundo

Partido de Merkel sofre derrota em eleição estadual na Alemanha

De acordo com estimativas da rede pública ZDF, o partido de Merkel teve 34,3% dos votos no Estado da Baixa Saxônia

Partido de Merkel sofre derrota em eleição estadual na Alemanha / Associated Press

O partido Democrata Cristão, da chanceler alemã Angela Merkel, saiu derrotado em uma eleição estadual neste domingo e com sua posição enfraquecida antes das negociações que devem ocorrer esta semana para a formação de uma coalizão. De acordo com estimativas da rede pública ZDF, o partido de Merkel teve 34,3% dos votos no Estado da Baixa Saxônia, no oeste do país, ficando atrás do partido Social Democrata, que obteve 37,1%.

Eleições estaduais têm suas própria dinâmica política e costumam ser decididas por fatores locais. Mas o resultado deste domingo não deve diminuir as preocupações entre os conservadores após a vitória sem brilho nas eleições gerais do mês passado, quando o partido da chanceler teve seu pior desempenho desde 1949.

Uma pesquisa nacional divulgada pelo instituto Emnid neste domingo mostrou que o apoio aos conservadores está em 31%, o menor nível em seis anos. "O motivo é a crise dos migrantes", disse o professor de ciência política Tilman Mayer, da Universidade de Bonn. "Merkel não é mais incontestável", disse.

A chanceler tinha se recusado a iniciar negociações para a formação de uma coalizão nacional antes do fim da eleição na Baixa Saxônia. Agora, ela deve se reunir na próxima quarta-feira em Berlim com membros do partido Democratas Livres e do Partido Verde para as conversações iniciais.

Negociações para a formação de uma coalizão costumam ser demoradas na Alemanha, mas analistas acreditam que o processo pode levar ainda mais tempo este ano, já que os partidos envolvidos têm posições divergentes sobre uma série de questões. Esta seria a primeira aliança de três partidos a governar a Alemanha após a Segunda Guerra Mundial.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Futebol

Recuperado da covid-19, Carille comanda treino, mas não irá a campo neste sábado

Carille só poderá comandar o Santos no clássico contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 21h35, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela terceira rodada do Estadual

Política

Lula celebra fim do caso tríplex e ataca Moro

A juíza Pollyanna Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, arquivou o processo contra o ex-presidente em decisão tomada nesta quinta-feira (27). Na ação, o ex-presidente era acusado de lavagem de dinheiro e corrupção

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software