Corinthians usa reservas para buscar liderança definitiva na última rodada

Para o técnico Tite, um bom desempenho no interior será tão importante para elevar ainda mais a confiança corintiana quanto para proteger a vantagem no mata-mata estadual

Comentar
Compartilhar
08 ABR 201515h06

Restou um objetivo para o invicto Corinthians na última rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista. A partir das 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Barão de Serra Negra, a equipe comandada por Tite tentará assegurar uma eventual decisão em Itaquera com uma vitória sobre o XV de Piracicaba.

O Corinthians já garantiu a liderança geral da primeira etapa do torneio, com 36 pontos ganhos. Se somar mais três, no entanto, ficará com a o menos cinco de vantagem sobre o segundo colocado, que hoje é o Santos, e não será mais alcançado nem mesmo se avançar do grupo B à decisão com dois triunfos na decisão por pênaltis.

Para o técnico Tite, um bom desempenho no interior será tão importante para elevar ainda mais a confiança corintiana quanto para proteger a vantagem no mata-mata estadual. “Uma equipe se forma vencedora passando por cima de adversidades. Devemos ter maturidade e manter a qualidade que estamos apresentando”, discursou.

Vagner Love novamente comandará o ataque do time reserva do Corinthians no Campeonato Paulista (Foto: Marcos Bezerra)

Ainda assim, Tite voltará a preservar os jogadores considerados titulares do Corinthians, utilizados no empate por 1 a 1 com o Santos, no fim de semana. “Eles precisam descansar. É algo humano. Vamos procurar jogar um bom futebol, mas sem aqueles que vêm atuando com maior frequência”, avisou o treinador.

Dessa maneira, apenas o zagueiro Felipe, o volante Ralf e o atacante Emerson, dos titulares habituais, irão ao interior para compor o banco de reservas corintiano. O jovem zagueiro Rodrigo Sam será improvisado na lateral esquerda em sua estreia como profissional.

No XV de Piracicaba, o técnico Toninho Cecílio recorrerá a uma formação ofensiva para surpreender o Corinthians. Afinal, a sua equipe necessita de um bom resultado para confirmar a conquista de uma vaga nas quartas de final. Tem 17 pontos no grupo D, contra 15 do Penapolense, que receberá o São Bento.

Assim, o XV de Piracicaba provavelmente contará com mais um atacante, Roni, no lugar de um zagueiro, o ex-corintiano Zelão. Ainda no setor ofensivo, Henrique herdará o posto de Bruninho, suspenso. No meio, Diego Silva tem boas chances de vencer a concorrência de Clayton, um dos destaques da vitória por 1 a 0 sobre o Audax.