Mais de 100 cidades devem retomar aulas no próximo dia 8, estima Governo de SP

O número de 128 cidades que permitirão a abertura parcial de escolas na próxima semana foi confirmado pelo Secretário estadual de Articulação Regional, Henrique Pimentel

Comentar
Compartilhar
02 SET 2020Por Folhapress09h35
Os estudantes deverão ser comunicados pela escola para manifestar interesseFoto: ARQUIVO/SECOM

O governo de São Paulo estima que ao menos 128 cidades paulistas devem retomar as atividades presencias em escolas municipais, estaduais e particulares na próxima terça-feira (8).

Nesta data, a gestão João Doria (PSDB) autorizou a reabertura de colégios para atividades de reforço escolar e plantão de dúvidas, entre outros, inclusive para colégios municipais e particulares, não apenas os estaduais. A autorização é para regiões que estejam ao menos há 28 dias seguidos classificadas na fase amarela do Plano São Paulo.

O número de 128 cidades que permitirão a abertura parcial de escolas na próxima semana foi confirmado pelo Secretário estadual de Articulação Regional, Henrique Pimentel, ao explicar decreto publicado pelo governo estadual com regras para volta às aulas presenciais na próxima terça.

Os estudantes deverão ser comunicados pela escola para manifestar interesse e também podem procurar o colégio se quiserem voltar às aulas.

A apesar da reabertura das escolas, entretanto, é decidida pelos municípios. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), por exemplo, diz que vai esperar a realização de um inquérito sorológico com alunos de escolas estaduais e privadas para decidir quando autoriza a volta às aulas. A testagem deve ocorrer em meados deste mês –ou seja, os colégios da cidade continuam fechados na próxima semana. A capital já fez duas pesquisas com estudantes de escolas municipais e o número de assintomáticos preocupa.

Na Grande SP, ao menos dez cidades já afirmaram que não voltam às aulas presenciais neste ano. Na segunda (31), as prefeituras de Cotia, Itapevi, Mairiporã, Mauá, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André disseram que só retomam as atividades escolares em 2021. Nesta terça (1º), Vargem Grande Paulista também confirmou que vai esperar o ano que vem.

A gestão Doria planeja retomar as aulas definitivamente em 7 de outubro, mas a decisão ainda não está tomada. O governo estadual também vai fazer inquérito sorológico com alunos de escolas municipais, estaduais e particulares. A data, entretanto, ainda não foi informada.