Oficina de xilogravura é atração em São Vicente

Participarão da formação os primeiros 20 interessados acima de 12 anos a chegar meia hora antes do início da aula

Comentar
Compartilhar
09 JAN 201516h20

A arte de entalhar desenhos na madeira será tema da Oficina de Xilogravura, promovida pela Oficina Cultural Pagu com apoio da Secretaria da Cultura de São Vicente, no dia do aniversário de São Vicente, 22 de janeiro. A atividade gratuita será quinta-feira, das 14 às 18 horas, na Praça Tom Jobim (Praia do Gonzaguinha). Participarão da formação os primeiros 20 interessados acima de 12 anos a chegar meia hora antes do início da aula.

De origem chinesa, a xilogravura é um procedimento artístico e técnico de grande relevância histórica e cultural, principalmente no Nordeste brasileiro com a literatura de cordel. Assim, “a oficina propõe o resgate desta valorização e a importância da imagem impressa”, descreve o coletivo Xilomóvel Ateliê Itinerante, que ministrará a formação.

A atividade gratuita será quinta-feira, das 14 às 18 horas, na Praça Tom Jobim (Praia do Gonzaguinha) (Foto: Divulgação/Secult)

Assim, o coletivo afirma que o encontro “tem como objetivo a potencialidade expressiva e poética no campo da arte”. Os coordenadores da atividade serão os artistas plásticos Luciana Bertarelli, Marcio Elias e Simone Peixoto. O trio é quem conduz o xilomóvel, um ateliê itinerante sediado em Campinas e atende diversos municípios.