X

Cotidiano

Mais de 20 mil pessoas estiveram no Festival Indígena de Bertioga

Os visitantes puderam viver uma imersão da cultura dos povos originários

Da Reportagem

Publicado em 22/04/2024 às 15:53

Atualizado em 23/04/2024 às 11:40

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Mais de 20 mil pessoas estiveram no Festival Indígena / Divulgação/Prefeitura de Bertioga

O Festival Internacional Indígena de Bertioga (FIIB) foi um sucesso. O evento repleto de emoção enalteceu as tradições indígenas entre os dias 19 e 21 de abril. Mais de 20 mil pessoas se encantaram com a programação, que aconteceu no Parque dos Tupiniquins, Tenda de Eventos e na arena montada no Centro da cidade. O festival foi realizado pela Prefeitura de Bertioga com curadoria do Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC).

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Os visitantes puderam viver uma imersão da cultura dos povos originários, participando das danças, conhecendo sobre os esportes, cantos, culinária, e muito mais. Os pontos de maior emoção foram durante o acendimento do fogo sagrado e na cerimônia das águas. Neste ato, os indígenas lançaram no Canal de Bertioga um pouco da água trazida de suas terras.

Aproximadamente 140 indígenas de cinco etnias de várias cidades do Brasil foram convidados para participar do FIIB: Guarani, Parecí, Bororo, Javaé e Fulni-ô. Além dessas etnias, também abrilhantaram o festival indígenas de outros povos, como Pataxó e Xavante.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Estiveram presentes também indígenas internacionais, como: Alba Duarte Portillo - poeta indígena do Paraguai; Victoria Portillo Duarte - Ativista cultural Guarani do Paraguai; e Martha Kichua, ativista cultural indígena do Equador. O show com a cantora e ativista Maria Gadú, promovido em parceria com o Sesc Bertioga, lotou a Tenda de Eventos, no sábado (20).

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Corpo do policial Luca Romano é encontrado em Guarujá

Soldado da PM estava desaparecido desde o dia 14 de abril; corpo estava amarrado em uma lona em uma área de mata fechada em um morro na região da Vila Baiana

Nacional

Conheça o novo vírus mayaro, que provoca febre, dores e pode chegar na área urbana

Cientistas da Unicamp, USP, Imperial College de Londres e Universidade de Kentucky (EUA) pedem medidas urgentes de vigilância epidemiológica a fim de evitar avanço da doença

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter