X
Cubatão

'Arraial do Parque Anilinas' começa nesta sexta-feira (24)

A festa segue até domingo, dia 26, com barracas de produtos artesanais e gastronomia

Parque Anilinas, no Centro da Cidade / Divulgação/PMC

A partir da próxima sexta-feira (24) e também no sábado (25) e domingo (26)acontece o Arraial do Parque Anilinas. A festa ocorre das 15h às 22h, com entrada gratuita. O endereço é Av. Nove de Abril, s/nº.  A festa contará com 15 barracas de produtos artesanais e 7 de gastronomia junina. Além da apresentação especial da Banda Marcial Infantil de Cubatão na abertura, haverá quadrilhas, brincadeiras e gincanas. O evento é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura via Departamento de Políticas Públicas para a Diversidade Cultural, e também Secretarias de Esporte e de Turismo. Confira a programação completa: 

24 de junho – Sexta-feira – Início às 15h

Feira Criativa com gastronomia e artesanato (Durante todo o evento)

Feira Bina Artesanato (Durante todo o evento)

Brinquedos (Durante todo o evento)

Barraquinhas de algodão doce e pipoca gratuita (Durante todo o evento)

15h – Banda Marcial Infantil de Cubatão

16h – Aulão de FitDance com Suzana

17h – Grupo ritmos – Professora Lidia

19h – Dennys Rodrigues – Sertanejo Piseiro

21h – Quadrilha Junina Tia Valdelice

25 de junho – Sábado – Início às 15h

Feira Criativa com gastronomia e artesanato (Durante todo o evento)

Brinquedos (Durante todo o evento)

17h  – Grupo ritmos Professora Lidia

19h – Xandão Bamba e Banda com participação de Cléber do Cavaco e Fernandinho

26/06 – Domingo – Início às 15h

 Feira Criativa com gastronomia e artesanato (Durante todo o evento)

Brinquedos (Durante todo o evento)

17h – Quadrilha Junina Mirim Tralalá

18h – Aula temática de FitDance com Jorginho e Cia

20h – Quadrilha Junina São Pedro

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Após forçar saída, Marinho reencontra Santos em meio à pressão no Flamengo

Marinho é reserva no Flamengo, e fez apenas dois gols em 23 jogos na temporada

Brasil

Memória: a história do Castelinho da Rua Apa

Imóvel, construído em 1912, ficou famoso após ser palco de uma tragédia familiar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software