X
Cultura

'Anita Malfatti - O Monólogo da Cor' entra em cartaz em Cubatão

Interessados devem antecipadamente reservar entradas dois dias antes da sessão pretendida pelo WhatsApp; serão adotadas medidas sanitárias vigentes, como uso de máscaras e de carteira de vacinação contra Covid-19

O espetáculo é protagonizado pela atriz Rose Vieira no papel da consagrada pintora modernista / Foto: Divulgação

No ano do centenário da Semana de Arte Moderna, a vida e obra da artista plástica Anita Malfatti (1889-1964) ganhará os holofotes em Cubatão neste mês. Nova produção da Associação Cultural Incena Brasil, as sessões gratuitas com intérprete de Libras ocorrerão na sede da Associação Cultural Incena Brasil nos dias 25 de junho e 2 de julho, às 19 horas, na Rua Marechal Rondon, 250, Parque Fernando Jorge, Cubatão.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Recomendado para maiores de 15 anos, com dramaturgia de Ernani Fraga, adaptação e direção de Emanuella Alves, o espetáculo é protagonizado pela atriz Rose Vieira no papel da consagrada pintora modernista. O elenco é completado por Sérgio Manoel (Mário de Andrade) e Natanael Alencar (Monteiro Lobato), presentes respectivamente em projeções audiovisual e áudio.

Interessados devem antecipadamente reservar entradas dois dias antes da sessão pretendida pelo WhatsApp: (13) 99760-3881. Vale ressaltar que as apresentações seguirão as medidas sanitárias vigentes, como uso de máscaras e de carteira de vacinação contra Covid-19.

Contemplada pelo ProAC LAB, a temporada é uma realização da Associação Cultural Incena Brasil, do Governo de São Paulo via Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e do Governo Federal via Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Após forçar saída, Marinho reencontra Santos em meio à pressão no Flamengo

Marinho é reserva no Flamengo, e fez apenas dois gols em 23 jogos na temporada

Brasil

Memória: a história do Castelinho da Rua Apa

Imóvel, construído em 1912, ficou famoso após ser palco de uma tragédia familiar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software