Promo DL

Obama tentou aproximação, mas ele tinha zero química com Putin, diz Trump

Em uma série de tuítes, Trump defendeu que ter um bom relacionamento com a Rússia "é uma coisa boa"

Comentar
Compartilhar
13 NOV 2017Por Estadão Conteúdo00h31
Em uma série de tuítes, Trump defendeu que ter um bom relacionamento com a Rússia "é uma coisa boa"Foto: Associated Press

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na noite deste sábado que o ex-presidente Barack Obama tentou uma aproximação como a que ele está fazendo com o líder da Rússia, Vladimir Putin, mas que eles tinham "zero química".

Em uma série de tuítes, Trump defendeu que ter um bom relacionamento com a Rússia "é uma coisa boa", diferentemente do que pregam "os inimigos e tolos".

Trump está no Vietnã, onde se encontrou com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nos bastidores da cúpula dos membros da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês).

De acordo com o presidente americano, os dois conversaram sobre as crises na Síria e na Coreia do Norte.

Sobre Pyongyang, Trump rebateu as críticas do ministério de Relações Exteriores, que o chamou mais cedo de "velho lunático". "Por que Kim Jong-un me ofende chamando-me de 'velho' se eu nunca o chamei de pequeninho e gordo? Oh, bem, eu até tento ser amigo dele - e talvez um dia isso vai acontecer", ironizou o presidente americano.

Colunas

Contraponto