12h : 57min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Combates entre Exército sírio e Estado Islâmico matam pelo menos 60 pessoas

No total, 21 soldados das fileiras governamentais e seus aliados morreram, enquanto 38 membros do Estado Islâmico também morreram, segundo a ONG

Comentar
Compartilhar
03 SET 2017Por Agência Brasil12h00

Pelo menos 60 pessoas morreram neste sábado (2) em bombardeios e combates entre as tropas governamentais sírias e o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província central de Hama, informou a organização não governamental (ONG) Observatório Sírio de Direitos Humanos.

No total, 21 soldados das fileiras governamentais e seus aliados morreram, enquanto 38 membros do Estado Islâmico também morreram, segundo a ONG.

Os combates se intensificaram após a explosão de três carros-bomba do EI em um contra-ataque ao Exército sírio, que fez uma ofensiva contra os jihadistas na região nos últimos dias.

O Estado Islâmico conseguiu reconquistar dois povoados, além do setor ocidental da localidade de Oqairabat, considerado um reduto na área e que foi tomado horas antes pelos soldados governamentais, com o apoio das forças russas e outros aliados sírios e estrangeiros.

Nos últimos dez dias de ofensiva na região morreram 40 civis, entre eles sete menores e sete mulheres, e 100 ficaram feridos pelos intensos bombardeios aéreos e o lançamento de mísseis, de acordo com a mesma fonte.

Colunas

Contraponto