15h : 57min

Assine o Diário e o Santista por R$8 por mês no plano atual

Versão pocket da Tarrafa Literária recebe Amyr Klink na Pinacoteca de Santos

O projeto traz ainda show musical, no Bistrô Calixto, além de uma sessão de autógrafos com o autor. A próxima edição será realizada em julho

Comentar
Compartilhar
08 JUN 2017Por Da Reportagem20h30
Amyr Klink estará neste sábado, em SantosFoto: Divulgação

A Tarrafa Literária, maior festival internacional de literatura de São Paulo, realiza neste sábado, 10 de junho, a segunda edição das Tarrafadas na Pinacoteca. Neste mês, o livreiro José Luiz Tahan recebe Amyr Klink, às 16h, para um bate-papo sobre seu novo livro “Não Há Tempo a Perder”, em evento gratuito, na Pinacoteca Benedito Calixto, no Boqueirão, em Santos. 

A versão pocket do festival, que em 2016 reuniu mais de 5 mil pessoas na cidade do litoral paulista, além de 40 mil em exibições pela internet, conta com quatro encontros anuais. Oferecido à comunidade santista pela ADM do Brasil por meio do ADM Cares - programa de investimento em iniciativas sociais, educacionais e econômicas, o projeto “Tarrafadas na Pinacoteca” tem idealização de Tahan, criador da Realejo Livros, livraria e editora localizada no bairro santista do Gonzaga. O projeto traz ainda show musical, no Bistrô Calixto, além de uma sessão de autógrafos com o autor. A próxima edição será realizada em julho.

Amyr Klink

Economista formado pela USP e pós-graduado em Administração pelo Mackenzie. Seus desafios começam na construção dos seus barcos e no planejamento de suas viagens. Iniciou suas viagens em 1984 quando realizou a primeira travessia solitária do Atlântico Sul a remo, da Namíbia a Salvador. Em 1989, sozinho, ele passou um inverno inteiro a bordo de um pequeno veleiro - o Paratii - na Península Antártica. Da Antártica seguiu para o Ártico, cruzando os dois círculos polares da Terra numa mesma viagem. Navegou 27 mil milhas em 642 dias. Navegou com o Paratii ao redor da Antártica, em 1998, completando a primeira circumnavegação do Continente Antártico. Em 2005, a bordo do Paratii2, circum-navegou a Antártica novamente, sem escalas e com tripulação. Desde 2006, passou a contar também com sua família como parte da sua tripulação, em viagens polares.

 

Colunas

Contraponto