Débitos prefeituras

Bonifácio: O Fundador do Brasil tem pré-estreia em Santos

A narrativa conduz o espectro do Patriarca, numa revisita de sua trajetória e de suas aventuras

Comentar
Compartilhar
14 JUN 2018Por Da Reportagem21h38
O filme narra a trajetória do homem nascido em Santos, em 1763Foto: Divulgação/PMS

A trajetória de um dos personagens mais emblemáticos da história brasileira, o santista José Bonifácio de Andrada e Silva, é o foco do filme Bonifácio: O Fundador do Brasil, que teve pré-estreia na noite de quarta-feira (14), no Cine Roxy 4 – Pátio Iporanga. O documentário de Mauro Ventura utiliza como eixo investigativo a Teoria das Camadas da Personalidade, do filósofo Olavo de Carvalho, para ir além do que os nossos livros didáticos costumam mostrar. A narrativa conduz o espectro do Patriarca, numa revisita de sua trajetória e de suas aventuras.

O filme narra a trajetória do homem nascido em Santos, em 1763, que se formou na Universidade de Coimbra, em Portugal, tornando-se um mineralogista reputado nos círculos científicos da Europa, aluno do filósofo Immanuel Kant e colega de estudos do célebre naturalista alemão Humboldt. Como estrategista militar, teve posto de comando na resistência de Portugal à invasão do exército de Napoleão.

Em 1819, aos 56 anos, Bonifácio voltou ao Brasil, onde concebeu um projeto civilizacional para o País. Em nome dele, combateu a escravidão décadas antes das campanhas abolicionistas do final do século XIX; defendeu a catequização dos índios nos moldes dos jesuítas, de modo a integrar os nativos na sociedade brasileira, e se posicionou contra o uso de queimadas na agricultura, antecipando a preocupação ecológica do século XX.

Republicano

Entusiasta do potencial do Brasil como país livre, Bonifácio juntou-se aos grupos que lutavam pela independência brasileira, assumindo papel decisivo no movimento. Proclamada a Independência, organizou a ação militar contra os focos de resistência à separação de Portugal.

A carreira de Bonifácio chega ao auge em 1822, quando tomou posse como ministro do reino e dos negócios estrangeiros, tornando-se conselheiro e confidente de Dom Pedro I. No cargo, acabou com privilégios alfandegários e comerciais de que Portugal ainda desfrutava no comércio brasileiro. Tenta consolidar a monarquia constitucional, para ele o único regime capaz de garantir a união nacional no momento turbulento pelo qual passava o país.

Bonifácio: O Fundador do Brasil tem 82 minutos de duração e está em cartaz no Cine Iporanga 4 (Avenida Ana Costa, 465, Gonzaga). Classificação: 12 anos.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Começou a copa
Acompanhe aqui

Colunas

Contraponto