Frente Parlamentar Litoral Sul Vale+ fará visita técnica ao Hospital Regional de Itanhaém

Objetivo é esclarecer dúvidas sobre o funcionamento da unidade hospitalar.

Comentar
Compartilhar
03 OUT 2019Por Da Reportagem10h07
O Hospital Regional de Itanhaém.Foto: Divulgação/PMI

A Frente Parlamentar Litoral Sul Vale+, formada por vereadores de Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Pedro de Toledo e Itariri, continua empenhada na busca de soluções para os problemas da região. E uma das suas bandeiras de luta, que é o funcionamento pleno do Hospital Regional Jorge Rossmann (HRJR), terá mais um capítulo nesta quinta-feira (03).

Uma comissão da Frente Parlamentar, com os presidentes das Câmaras das cinco cidades, fará, às 14 horas, uma visita técnica ao HRJR a convite do Cezar Kabbach, diretor clínico da unidade. A ideia é esclarecer uma série de dúvidas levantadas durante o Painel de Debates sobre o Hospital Regional, realizado no último dia 13, na Câmara de Itanhaém, por iniciativa do seu presidente, Hugo Di Lallo.
 
Os parlamentares querem saber as reais condições de funcionamento da unidade e o que impede que ele, de fato, seja uma unidade que seja referência na Saúde para Litoral Sul e Vale do Ribeira. "Temos muitas dúvidas sobre o funcionamento pleno do Hospital Regional, assim como se os atendimentos especializados que poderiam servir à população estão acontecendo. Não podemos deixar que um equipamento como esse, tão importante para a nossa região, funcione apenas parcialmente”, explica Hugo Di Lallo, idealizador da frente parlamentar. 

Aeroporto e pedágios

Entre outros temas que a Frente Parlamentar Litoral Sul Vale+ estão a ampliação da capacidade e da finalidade do Aeroporto Regional, para que ele comece a receber vôos comerciais, gerando emprego e renda para região e, agora, um novo debate que é a possibilidade de instalação de pedágios na Padre Manoel da Nóbrega, com a possível concessão da rodovia para a iniciativa privada.