X
ANIVERSÁRIO

Praia Grande: 'Somos uma cidade que cresce em todos os sentidos', afirma Raquel Chini

Em conversa com o Diário, a prefeita Raquel Chini comenta sobre como a pandemia afetou esse quadro de crescimento e explicou como a Administração vem trabalhando para manter a economia local

A cidade de Praia Grande completa 55 anos em meio a uma ascensão impressionante que sem dúvidas colocará um dos municípios mais jovens do Estado de SP como uma das maiores cidades do litoral / Fred Casagrande / Prefeitura de Praia Grande

A cidade de Praia Grande completa 55 anos em meio a uma ascensão impressionante que sem dúvidas colocará um dos municípios mais jovens do Estado de SP como uma das maiores cidades do litoral. Com população estimada pelo IBGE em 336.454 pessoas em 2021, o que representaria um aumento de quase 75 mil moradores desde o Censo de 2010, Praia Grande mira um futuro no qual deverá igualar e superar a irmã mais velha, Santos, e tomar as rédeas da economia regional.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Em conversa com o Diário do Litoral, a prefeita Raquel Chini comenta sobre como a pandemia afetou esse quadro de crescimento, que já aparenta ser irreversível, e explicou como a Administração Municipal vem trabalhando para manter a economia local girando desde o Réveillon e neste início de 2022, quando o processo de imunização contra Covid-19 permitiu que todo o Brasil iniciasse a retomada de ao menos parte da rotina pré-pandemia.

Diário do Litoral - Como a senhora define os primeiros 12 meses à frente da administração da cidade que mais cresce em toda a Região?

Raquel Chini - Este primeiro ano como prefeita foi marcado por desafios e superação. Praia Grande é uma Cidade que vem sendo muito bem estruturada em todas as áreas ao longo do tempo, e logo nos primeiros meses deste meu mandato a pandemia voltou a assombrar todo o mundo. Com o aumento de casos, a Administração Municipal teve que correr contra o tempo enfrentando as adversidades para garantir aos munícipes um atendimento de qualidade na área da saúde. Na época, com muita agilidade e eficiência, conseguimos em tempo recorde viabilizar a compra de 40 modernos respiradores, equipamentos fundamentais para a abertura de dezenas de leitos de UTI no Hospital Irmã Dulce. Também adquirimos um tanque de oxigênio, reforçando a estrutura do Hospital de Campanha, instalado no Ginásio Falcão. As 30 Usafas (Unidades de Saúde da Família) implantadas há anos, com sua estratégia voltada à prevenção e ao conhecimento da comunidade, foram primordiais no combate da pandemia. Ações pontuais como o Hospital de Campanha, em que fomos uma das primeiras cidades a instalar e o último a desinstalar e o acompanhamento da Central Telefônica tornaram possível o índice de mais de 96% de curados na Cidade. Mesmo assim, com o foco na saúde, mantivemos também nosso planejamento e aprimoramos a oferta dos serviços aos moradores e também turistas em diversas áreas como educação e habitação, por exemplo. Outro destaque é que por conta da sua infraestrutura, Praia Grande seguiu recebendo novas empresas e investidores. Assim, novas vagas de empregos foram geradas para a população. A expectativa é que para os próximos anos milhares de novas vagas sejam criadas na Cidade.

DL - Praia Grande é o terceiro município com mais vacinas aplicadas na Região, mas ainda é a 499ª cidade com esquema vacinal completo. Como a Prefeitura reverterá isso?

Raquel Chini - A Prefeitura de Praia Grande está se aproximando da importante marca de 600 mil doses de vacina contra a covid-19 aplicadas. Isso é um dado relevante e que comprova que a Cidade trata com respeito e prioriza o combate à pandemia. A Cidade segue com 30 Unidades de Saúde da Família abertas para vacinação e um Ginásio de Esportes onde a dose é disponibilizada durante finais de semana e feriados. O município realiza, além de campanhas, busca ativa de pessoas que ainda não tomaram a segunda dose, o que tem trazido bons resultados, principalmente entre as cidades da região. O sucesso das ações no Município pode ser medido através de um bom parâmetro, o fechamento do Hospital de Campanha. A medida foi tomada devido à falta de pacientes e a drástica redução no número de internados e óbitos por covid-19.

DL - O município conseguiu sair na frente das vizinhas e vem sendo o primeiro a sediar um grande festival de música. Como foi esse planejamento e como vem sendo viabilizar algo tão complexo em meio a um período pandêmico?

Raquel Chini - Antes da decisão de realizar os shows. a Prefeitura desenvolveu uma enquete para entender os anseios da sociedade quanto ao assunto. A maioria votou favorável ao retorno que abrange o lazer, claro, mas também tem o aspecto da retomada econômica com o estímulo ao turismo e geração de emprego e renda. Importante destacar que Praia Grande é o quarto destino turístico do País mais procurado na temporada de verão, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo. Todas nossas ações são feitas com planejamento e cautela, pensando no bem-estar da população. Por isso, seguimos as determinações do Plano São Paulo, que mais recentemente também exigiu a comprovação de vacinação, bem como a redução de público (antes mesmo já trabalhávamos com público reduzido). Nossa análise é diária, monitoramos junto com o corpo técnico e Comitê de Saúde as ações, porque a saúde é o mais importante, mas as pessoas também precisam deste momento de lazer, diversão e de oportunidade de trabalho.

DL - Podemos crer que o Estação Verão Show foi apenas o primeiro de muitos eventos que vêm por aí? A Prefeitura já tem algo planejado?

Raquel Chini - Sim. Praia Grande quer ampliar o seu calendário de eventos, não se restringindo apenas à temporada de verão. Com isso buscando sempre promover e estimular o turismo, a cultura e o artista local também. Temos um calendário que contempla o Estação Inverno, com tradicional Festa junina, Encenação da Paixão de Cristo, Corpus Christi, as feiras de artesanato itinerante, bem como as que ficam sediadas nas Praças Portugal (Guilhermina), Andraus (Ocian) e Nossa Senhora de Fátima (Caiçara), além do Sexta Musical nos bairros, Feira do Estudante. O Palácio das Artes recebe diversos espetáculos no teatro, exposições na galeria de arte, além das atrações do Museu da Cidade. Temos planejados para este ano muitos outros eventos que, se tudo der certo, ocorrerão. Um, por exemplo, é a nova edição do PET STOP, voltado aos nossos animais de estimação e que deverá ser ampliado.

DL - Para fechar, o que o praiagrandense pode esperar desse aniversário que se celebra nesta quarta-feira e também ao longo do restante deste ano?

Raquel Chini - Progresso! Somos uma cidade que cresce em todos os sentidos: em seus 6 mil novos moradores por ano que vêm atraídos pela qualidade de vida; em sua infraestrutura com obras e ações em todos os bairros desde habitação, passando por saúde, educação e serviços urbanos; e claro desenvolvimento econômico porque, com tanta infraestrutura e mobilidade urbana, os investidores realizam pesquisas dos locais para se estabelecerem e escolhem Praia Grande.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Semana do Brincar em Santos começa neste domingo com atividades para a família na orla

De 23 a 26 de maio, várias atividades serão realizadas nas escolas municipais

Polícia

Caçada a Cupertino teve campana em velório e fuga em caminhão de melancia

Polícia Civil usou um leque variado de estratégias de investigação na caçada do empresário acusado de matar o ator de Chiquititas Rafael Miguel e os pais

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software