Wellington Moura pede união aos prefeitos da Baixada Santista e crê que Doria acertou

Em entrevista, o deputado do Republicanos diz que Doria acertou ao voltar a Região para a Zona Amarela

Comentar
Compartilhar
15 FEV 2021Por LG Rodrigues07h00
O deputado estadual Wellington Moura (Republicanos) afirmou que momento é de mobilização da Alesp para ajudar saúde da RegiãoFoto: Nair Bueno/DL

União pela vida. É este que deve ser o objetivo único em um momento tão necessário para todos os prefeitos da Baixada Santista de acordo com o deputado estadual Wellington Moura (Republicanos). Em conversa com o Diário do Litoral, o parlamentar falou de Plano SP, Covid-19 e desejos de reestruturar as unidades educacionais do Estado de toda a Região.

Diário do Litoral - Como você avalia as decisões tomadas pelo Estado no Plano SP?

Wellington Moura - Olha eu vejo que foram decisões que o governo do Estado tomou de forma dura, porém necessárias. Mas mesmo assim, haja vista a questão de restaurantes e shoppings, que já estão fazendo a sua parte de forma correta, acho que eles serem punidos é errado porque eles são quem mais dão exemplos de seguir as normas da saúde. Distanciamentos, medir a temperatura fazem tudo que é necessário nesse momento para poder seguir os padrões. Ao invés de diminuir [os horários], deveria abranger, ter mais horários, para que as pessoas tenham mais opção de horas até para poder ir a restaurantes no shopping. Eu acho que são medidas que foram muito duras por mais que tenham sido necessárias. Até nós da base do governo fomos pressionar o governador, falamos com ele e por mais que ele não tenha nos atendido, mostramos nossa indignação a uma atitude como essa que nós achamos que poderia ser mais branda. Então, voltar para à Fase Laranja e Amarela eu acho que foi um caminho certo tomado pelo Governador nesse momento para refletir o que a população quer. A população quer ter o seu direito de escolher sobre aonde ir e frequentar. Seguindo as normas eu acho que o Estado tem a ganhar com isso.

DL - Falta uma fiscalização mais dura pela segurança pública?

WM - Hoje a Polícia Militar cumpre seu papel. Eu acho que é tentar diminuir as aglomerações de pessoas, de gente, mas infelizmente aí o problema não tem sido na parte de shoppings, bares e restaurantes, é da parte das comunidades. Então acho que tem que ter uma fiscalização mais efetiva, mais vezes, mais dura na questão de muitas comunidades. Até os donos de comércio destas comunidades estão realmente seguindo as normas e [precisamos] ter fiscalização melhor, mas a Polícia Militar tem feito seu papel. Eu acho que diante da sua postura, diante do seu efetivo de policiais, tem feito seu esforço de uma forma competente.

DL - Como a Baixada é vista hoje na Alesp?

WM - A nossa maior preocupação hoje é tentar diminuir o número de leitos ocupados. Eu acho que o Estado tem aí 2.100 que podem ser ocupados. É o número do limite e o governador, em reunião com os deputados, com líderes da base, informou que a segunda onda vem aumentando de uma forma preocupante, mais forte do que a primeira. Então acho que o melhor caminho hoje que nós deputados temos é mandar recursos para a saúde. Eu acho que agora a saúde é prioridade aqui na Baixada Santista para os prefeitos terem conforto em relação à verba e utilizar para poder importar respiradores, UTI e a situação dos leitos não serem totalmente ocupados.

DL - Planos para 2021?

WM - O nosso projeto para 2021 aqui na Baixada Santista é grande e nesse momento estarei apresentando um projeto para o Governo do Estado de São Paulo que autoriza as escolas estaduais a colocarem mais aparelhos de ar-condicionado e eu estou dizendo isso muito até diante da Baixada, Vale do Ribeira e litoral norte. Aqui nas cidades litorâneas infelizmente o calor é insuportável e eu levei o secretário até um mês atrás em quatro escolas estaduais aqui em São Paulo e ele viu de perto o calor com as salas sem funcionar, vazias. Você imagina com crianças dentro, não tem janela aberta que dê ganho. Os alunos da rede estadual precisam ter estrutura na escola muito melhor e as mães também têm que se sentir confortável com a situação das crianças.

DL - Recentemente teve ex-vereador daqui subindo a serra, como vem sendo essa parceria?

WM - Um time que ganha, nunca ganha sozinho, precisamos de craques, pessoas boas para somar ao nosso trabalho. O Hugo Duppre é uma pessoa que eu encontrei. Ele conhece o Legislativo e na vida sempre aprendi que temos sempre que aprender com todos. Ele vai coordenar a parte da educação e a parte do esporte no meu mandato.

DL - Alguma mensagem para os prefeitos eleitos e reeleitos?

WM - Acho que o cenário tem que ser de união dos prefeitos. Eles precisam conversar muito até pela questão do Covid-19, dos leitos. Os prefeitos já vêm tomando atitudes similares e todos precisam se unir para ter uma causa única: Salvar vidas.