Marina diz no rádio que Ministério não resolve segurança

A candidata disse que o governo federal não pode se omitir e jogar a responsabilidade para os Estados, mas afirmou também que o problema não será resolvido com a criação de ministérios

Comentar
Compartilhar
09 SET 201414h35

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, usou parte de seu tempo no horário eleitoral gratuito de rádio no início da tarde desta terça-feira, 9, para falar de segurança pública. Marina foi a única a apresentar um programa diferente do exibido de manhã e repetiu também seu tradicional discurso de quebra da polarização. "PT e PSDB se acostumaram a guerrear entre eles", disse a ex-ministra.

Ao tratar de segurança pública, Marina criticou indiretamente oponentes na disputa pelo Planalto. A candidata disse que o governo federal não pode se omitir e jogar a responsabilidade para os Estados, mas afirmou também que o problema não será resolvido com a criação de ministérios. A favor da implementação de um "pacto pela vida", Marina propõe solução diferente da do tucano Aécio Neves, que quer transformar o Ministério da Justiça também em pasta da Segurança Pública.