Maduro chega em Cuba para "tomar decisões" com Chávez

Vice-presidente venezuelano chegou a Havana na noite desta quarta (23) para, junto com o presidente Hugo Chávez, tomar decisões.

Comentar
Compartilhar
24 JAN 201310h27

O vice-presidente venezuelano Nicolás Maduro chegou em Havana, na noite de quarta-feira (23), para se encontrar com Hugo Chávez e, juntos, tomarem decisões, informou o canal teleSUR, que trabalha em diversos países da América Latina. De acordo com informações oficiais, Maduro viajou acompanhado do ministro de Petróleo, Rafael Ramírez.

"Vamos à Havana para tomar decisões, nos reunir e, logo, [vamos] para a CELAC", disse Maduro antes de embarcar para Cuba, referindo-se à cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que acontecerá neste fim de semana no Chile. Segundo o vice-presidente, o ministro de Relações Exteriores, Elías Jaua, também participará do encontro.

Maduro afirmou, na quarta, que Chávez, está em "seu melhor momento pós-operatório", depois de uma cirurgia complexa realizada no dia 11 de dezembro. Ao chegar em Cuba, o vice-presidente e o ministro de Petróleo foram recebidos por Jaua, pelo diplomata Bruno Rodríguez e pela procuradora geral venezuelana, Cilia Flores.

Chávez está internado em Cuba desde o mês passado, quando foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor na região pélviica. (Foto: Divulgação)

Mais cedo, o jornal espanhol El Pais informou que retirou e imprimiu novamente a edição desta quinta-feira depois de descobrir que a fotografia de primeira página, que supostamente mostrava o presidente venezuelano em

Cuba era farsa.

A imagem de má qualidade apresentava um homem parecido com Chávez, aparentemente, em uma cama de hospital com tubos em sua boca. O jornal havia recebido a foto de uma agência. As informações são da Associated Press.