Eleições 2008 são prioridades de presidentes eleitos

Presidentes que venceram o pleito de domingo, ouvidos ontem pelo DL, afirmaram que as eleições de 2008 são prioridade zero

Comentar
Compartilhar
24 FEV 201321h46

Eleitos os presidentes dos diretórios municipais do Partido dos Trabalhadores de cidades da Baixada Santista, começam os trabalhos rumo às eleições municipais de 2008. Presidentes que venceram o pleito de domingo, ouvidos ontem pelo DL, afirmaram que as eleições de 2008 são prioridade zero. O presidente reeleito do Diretório Municipal de Santos, José Adernaldo Maia, declarou que começará a trabalhar no fortalecimento do partido na Cidade. O PT santista lançará candidato próprio ao cargo de chefe do Executivo Municipal.

Maia disse que a ex-prefeita Telma de Souza, a deputada estadual Maria Lúcia Prandi e o ex-deputado estadual Fausto Figueira já manifestaram a intenção de concorrer ao cargo majoritário, porém, segundo ele, a escolha do nome não será feita por meio de prévia. “Nós vamos discutir para chegar a um consenso sobre o candidato a prefeito”.

Maia disse ainda que o partido iniciará também as conversações para formação da coligação. Hoje, os partidos aliados são PSB, PCDB e PDT. Maia, reeleito com 360 votos, já foi candidato a vereador três vezes pelo partido, nos anos de 1988, 1992 e 1996. O atual presidente, cujo mandato será no biênio 2008/2009, afirmou que se dedicará ao diretório e não sairá candidato no próximo ano.

Já em São Vicente, o PT não deverá lançar candidato a prefeito, pois hoje o partido compõe a máquina administrativa. Segundo o presidente eleito do Diretório Municipal, Emerson dos Santos, as eleições municipais de 2008 é a primeira prioridade do diretório que deverá trabalhar, em princípio, na indicação de um nome para vice-prefeito, na chapa de Tércio Garcia. “O partido foi o primeiro da Cidade a apoiar a reeleição do Tércio, então pretendemos fechar a chapa com ele, mas não tem nada certo, pois outros partidos também têm interesse e ainda não iniciamos as conversações”, afirmou.

Emerson disse que a vereadora Mara Valéria, a única representante do partido no Legislativo é pré-candidata a reeleição. Para ele um possível nome para compor a chapa com Tércio é o coordenador Macrorregião da Baixada Santista, Brito Coelho, que hoje é secretário de Habitação da Prefeitura de São Vicente. Emerson foi eleito com 567 votos ao cargo executivo do diretório municipal. Militante do PT desde 1989 nunca concorreu a cargos públicos eletivos. Indicado pela situação do Diretório Municipal, o ex-secretário geral da Executiva Municipal dará continuidade aos trabalhos da gestão anterior.

A vereadora Márcia Rosa de Mendonça Silva que foi eleita com 265 votos para a presidência do Diretório Municipal não foi localizada pela nossa equipe de reportagem para comentar os projetos de sua gestão. Márcia Rosa é a pré-candidata do PT a prefeita de Cubatão.

Romazzini

O vereador de Guarujá, Luis Carlos Romazzini, que perdeu a eleição do Diretório Municipal para Nélson Fernandes, registrou boletim de ocorrência ontem, no 2º DP de Santos por causa da distribuição de um panfleto com ofensas e difamação. O panfleto dizia entre outras coisas que Romazzini é contra o desenvolvimento da Cidade, nunca trouxe verba para o Município como legislador municipal e foi aposentado do Exército por “insanidade mental”.