Dinho recorrerá à Justiça para destituir presidente de Apae

Adeíldo Heliodoro dos Santos (PT), afirmou que moverá ação judicial pedindo a destituição de Maria Isabel dos Santos

Comentar
Compartilhar
18 JAN 201310h18

O vereador da Câmara de Cubatão, Adeíldo Heliodoro dos Santos (PT), afirmou que moverá ação judicial pedindo a destituição de Maria Isabel dos Santos, do cargo de presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Cubatão (Apae-Cubatão), entre hoje e amanhã.

O vereador Dinho alega que Maria Isabel ocupa o cargo irregularmente há dez anos, período que ela própria teria declarado à Comissão Especial de Inquérito da Câmara, uma vez que o estatuto da entidade permite gestão máxima de seis anos. 

Na última sexta-feira, Dinho foi alvo de representação da Apae de Cubatão, protolocada na Câmara. A Apae requer a saída do vereador da CEI que apura a possível dívida da entidade com a Prefeitura. Dinho é presidente da CEI. O advogado da Apae, Carlos Roberto Ribeiro, acusa o vereador de desvio de finalidade na apuração dos fatos.

Sobre isso, Dinho declarou ao DL que “o advogado da Apae está mal informado e a representação não tem respaldo legal”. Segundo Dinho, a CEI avalia o débito da entidade com a Prefeitura e denúncias. Dinho afirma que uma denúncia é sobre suposta cobrança dos pais de alunos pela Apae para custear a manutenção da entidade, e outra de que material reciclado estaria sendo vendido no ferro-velho que pertenceria ao irmão de Maria Isabel, em Praia Grande.

Em entrevista ao DL nesta semana, o advogado da Apae afirmou que a denúncia sobre malversação da arrecadação com a venda do lixo reciclado não procede.