Polícia esclarece morte de autônomo em Guarujá

Vítima foi espancada pelo pescador Claudemir Rógerio Lisboa Dias, durante uma festa

Comentar
Compartilhar
14 FEV 201311h03

A Polícia Civil do Guarujá que esclareceu a morte do autônomo Fernando Cesário de Assis, de 35 anos, ocorrida na madrugada do último domingo (10), em uma festa, no Pae Cará. O autor da execução, o pescador Claudemir Rogério Lisboa Dias, de 27, foi capturado no Hospital Santo Amaro (HSA), pelo investigador-chefe da Delegacia Sede, Paulo Carvalhal, e Carlos Alberto Bitran Guimarães.

Segundo apurado pelos investigadores, durante a realização de uma festa na Rua Sílvio Fernandes Lopes, Fernando separou uma briga iniciada no evento e se deslocou até a rua. Nesse momento, Claudemir armado com um pedaço de madeira desferiu um golpe na cabeça do autônomo, que caiu ao solo. Com a vítima caída, o pescador chutou a cabeça de Fernando e golpeou novamente o autônomo com um pedaço de madeira.

Durante a confusão, populares que estavam no local passaram a agredir o pescador, que teve a  perna quebrada. Fernando e Claudemir foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Vicente de Carvalho, onde foi constatada a morte do autônomo. Claudemir foi levado em seguida ao HSA.

No decorrer das investigações, duas testemunhas foram até a Delegacia Sede e informaram que o autor dos golpes era Claudemir. Diante da informação, Carvalhal e Guimarães prenderam, em flagrante, o pescador.

Pescador Claudemir Rogério Lisboa Dias, de 27 (Foto: Divulgação)