Mulher pede ajuda a bancário para escapar de violência doméstica

Vítima aproveitou a ida ao banco para pedir socorro por meio de um bilhete

Comentar
Compartilhar
04 MAR 2021Por Da Reportagem18h02
Mulher pediu ajuda em uma agência da CaixaMulher pediu ajuda em uma agência da CaixaFoto: Divulgação/PM/DF

Na última segunda-feira (1), uma mulher que era mantida em cárcere privado escapou de seu agressor ao entregar um bilhete ao bancário. A vítima, de 27 anos, tinha ido à agência da Caixa Econômica para sacar o benefício do Bolsa Família. 

Na nota, ela escreveu "você pode me ajudar? ele ta aí fora", e desenhou um X, que é o símbolo do pedido de socorro no combate à violência doméstica. O caso aconteceu em Sobradinho, no DF. No bilhete também tinha o endereço da casa onde ela era mantida como refém junto com os dois filhos, uma menina de três anos e um bebê de um ano. 

A PM foi ao endereço cerca de meia hora depois do pedido de ajuda. A mulher e seus dois filhos foram levados a um abrigo. O agressor segue foragido.