Motorista esfaqueia a mulher e se suicida em Guarujá

O crime ocorreu na frente da filha do casal, uma advogada

Comentar
Compartilhar
30 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.19h29
O caso foi registrado na Delegacia Sede de GuarujáFoto: Arquivo/Diário do Litoral

O motorista Reginaldo Inácio dos Santos, de 53 anos, esfaqueou a mulher, uma cabeleireira, de 54, e se matou na madrugada desta quarta-feira (30) na residência do casal, no Jardim Santa Maria, em Guarujá. O crime ocorreu na frente da filha deles, uma advogada de 23 anos.

De acordo com a polícia, Santos estava com depressão e teria tido um surto.

Atingida por facadas no braço direito, no abdômen e no tórax, a vítima foi internada no Hospital Santo Amaro (HSA) e estava, na noite desta quarta em observação, sem previsão de alta.

Segundo o registro do caso, o motorista acordou por volta das 4h, pegou duas facas e então atacou a mulher.

Com ajuda da filha, a cabeleireira conseguiu deixar a casa, situada na Rua Acadêmico Inácio Nascimento Opazo, e o imóvel foi trancado pela advogada.

Quando os policiais militares chegaram ao imóvel se depararam com o homem morto no chão da cozinha.

Um perito do Instituto de Criminalística (IC) apreendeu as duas facas, uma que estava no quintal e outra na cama.

A filha do casal disse que o surto do pai não teve uma razão aparente.

O delegado Thiago Nemi Bonametti, da Delegacia Sede de Guarujá, teve o entendimento preliminar de que o caso foi uma tentativa de feminicídio, crime em razão do gênero.

No registro da ocorrência, ele observou que com a versão da vítima, após alta médica, e os resultados dos exames periciais, ocorrerá a apuração definitiva das circunstâncias do crime.