Flagrado com droga e munições em SV, vigilante é preso pela 2ª vez em oito meses

PM apreendeu 1,8 kg de maconha e 13 munições no porta-malas do carro que era conduzido pelo vigilante

Comentar
Compartilhar
16 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.18h45
Vigilante solicitou exame para detecção de suas impressões digitais na droga e nas muniçõesFoto: Divulgação/Polícia Militar

Flagrado na noite da última segunda-feira (14) com 1,8 quilo de maconha e 13 munições de calibre .762 em São Vicente, um vigilante de 29 anos foi preso pela segunda vez em oito meses.

A detenção desta segunda foi feita por policiais militares do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (2º Baep), que encontraram o material ilícito no porta-malas do carro que o vigilante conduzia, um Toyota Corolla branco. A abordagem ocorreu na Rua Leonor Mendes de Barros, na Vila São Jorge, após o carro despertar suspeita pelos vidros filmados.

Na Delegacia Sede de São Vicente, o vigilante, acompanhado de sua advogada, solicitou que a maconha e as munições fossem periciadas para confronto de sua impressão digital.

O delegado Lucas Santana dos Santos entendeu que, ainda que seja possível a perícia, “esta é inconclusiva para determinar eventual condenação ou absolvição, pois além da hipótese de que outra pessoa possa ter manuseado as drogas e munições, no momento da apreensão tais objetos foram manuseados e trazidos (à delegacia) por policiais militares”.

Santos autuou o vigilante por tráfico de drogas e posse ilegal de munições de uso restrito e determinou a remoção dele ao cárcere.

Prisão anterior

Em 20 de fevereiro deste ano, o vigilante foi preso na Areia Branca, em Santos, acusado de transportar 100 munições de uso restrito e um carregador de pistola 9mm, com capacidade para 31 munições, em uma moto. Por este crime, ele responde  a processo perante a 5ª Vara Criminal de Santos.