Dupla que liderava quadrilha em São Vicente é capturada

Mais de 14 kg de entorpecentes foram apreendidos em ação da Polícia Civil. Na relação de apreensões também estão R$ 8.270,00, pistola, celulares e anotações do tráfico

Comentar
Compartilhar
22 MAI 201510h33

Dois homens apontados pela Polícia Civil como líderes do tráfico de entorpecentes na Vila Margarida, em São Vicente, foram capturados ontem em duas residências, uma em Itanhaém e outra em São Vicente.  Durante as diligências realizadas, mais de 14 quilos de entorpecentes, entre maconha, crack e cocaína, foram apreendidos em um barraco.

As investigações sobre a organização criminosa foram iniciadas há dois meses, conforme informou o delegado Francisco Garrido Fernandes, titular da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Santos.

Com respaldo de mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Criminal de São Vicente, os investigadores realizaram as diligências e surpreenderam as lideranças do tráfico, além de apreenderem diversas anotações do tráfico, comprovantes de depósitos bancários, celulares e R$ 8.270,00.

Um dos homens, de 34 anos, foi capturado em um sítio em Itanhaém, onde foi apreendida uma pistola de calibre 380 e R$ 270,00. Na sequência, os policiais da Dise foram até uma casa dele em Praia Grande, onde encontraram anotações relacionadas ao tráfico.

Em apoio aos trabalhos, policiais da Delegacia Especializada Antissequestro (Deas) cumpriram o mandado de busca e apreensão na casa do outro homem apontado como líder da organização criminosa, de 33 anos, em São Vicente. No imóvel foram apreendidos R$ 8 mil e anotações de depósitos bancários.

Depósito de drogas

Um barraco situado na Avenida Brasil, na Vila Margarida, em São Vicente, era usado pela quadrilha para o armazenamento dos entorpecentes. Nele, os investigadores apreenderam nove quilos de maconha, 4,9 quilos de crack, 100 pedras da droga, 33 cápsulas de cocaína e 18 porções de maconha.