Dupla executa três pessoas e fere duas em Praia Grande

Delegado acredita que o crime tenha relação com o tráfico de drogas. Chacina, no bairro Ocian, foi cometida por dois homens que ocupavam uma moto de pequeno porte

Comentar
Compartilhar
10 DEZ 201321h15

Dois homens e uma adolescente foram assassinados a tiros, durante a madrugada de ontem, na Rua Kikusaburo Tanaka, no Ocian, em Praia Grande. Outras duas pessoas também foram baleadas no atentado, mas sobreviveram. Para o delegado Flávio Goda Magário, a chacina, cometida por dois criminosos que ocupavam uma moto, tem relação com o tráfico de entorpecentes.

As vítimas fatais são Adriano Ferreira dos Santos, de 24 anos, Anderson de Carvalho Souto, de 30, e Bruna Cruz de Abreu Madeira, de 17. Conforme apurou a polícia, Adriano e Anderson ostentam antecedentes criminais. O primeiro registra em sua ficha criminal a fuga de uma penitenciária no Interior do Estado e uma autuação por tráfico, enquanto o segundo registra porte de entorpecente.

Na avaliação  do delegado Magário, tanto pode ter ocorrido acerto de contas relacionado ao tráfico ou tomada de ponto de venda de entorpecentes por rivais.

O crime

As cinco pessoas baleadas estavam conversando com outras três, na frente de um bar que estava sendo fechado, quando chegaram os atiradores, ocupando uma moto de pequeno porte, cuja placa não foi anotada.

A dupla ordenou que o grupo de pessoas colocasse as mãos na cabeça e deitasse no chão. Logo depois foram realizados os disparos. Os criminosos nada disseram sobre a motivação da chacina.

Na cena do crime uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) apreendeu cápsulas deflagradas de pistola calibre 380.