Ajudante de pedreiro é preso com pistola israelense dentro de bar em Itanhaém

A prisão foi feita por investigadores do 1° DP de Itanhaém, que repararam no volume sob a blusa do homem

Comentar
Compartilhar
13 JAN 2021Por Gilmar Alves Jr.15h39
Pistola israelense BUL G-Cherokee de calibre 9mm apreendida com o o homemFoto: Divulgação/Polícia Civil

Um ajudante de pedreiro de 33 anos foi preso em flagrante ao ser flagrado em um bar com uma pistola israelense BUL G-Cherokee de calibre 9mm em um bar no Jardim Oásis, em Itanhaém, na segunda-feira (11) à tarde. A prisão foi feita por investigadores do 1° Distrito Policial de Itanhaém, que repararam no volume sob a blusa do homem, na altura da cintura.

Além da arma, os policiais recolheram a caderneta de liberdade condicional do ajudante de pedreiro.

A ação ocorreu durante uma ronda sob a coordenação do delegado Jaime da Fonte Nogueira, titular do distrito, e do investigador-chefe, Luciano Basílio. Ao perceber que seria abordado, o homem correu para uma casa aos fundos do bar.

Durante a perseguição, ele dispensou a pistola e caiu no chão, lesionando o rosto. Logo na sequência, ele foi capturado pelos investigadores Osni e Dante.

Os investigadores verificaram que a arma estava carregada com 12 munições e numeração suprimida.

O acusado afirmou que comprou a pistola de um morador de Mongaguá em negociação pela internet há cerca de duas semanas.