X
VACINA

Santos reduz intervalo para dose de reforço contra a Covid-19

Já os imunossuprimidos continuam a aguardar os 28 dias de intervalo depois da segunda dose ou única, mas passam a receber o imunizante Pfizer

Santos vacina ainda em primeira dose qualquer pessoa a partir de 12 anos de idade / Divulgação/ Agência Brasil

A partir desta segunda-feira (25), os idosos a partir de 60 anos e os trabalhadores da saúde podem tomar a dose de reforço contra a covid-19 após 60 dias da segunda dose ou dose única. O Município reduziu o tempo de espera, que anteriormente era de 180 dias.

Já os imunossuprimidos continuam a aguardar os 28 dias de intervalo depois da segunda dose ou única, mas passam a receber o imunizante Pfizer como dose de reforço.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Santos vacina ainda em primeira dose qualquer pessoa a partir de 12 anos de idade. Com a segunda dose, quem já cumpriu o intervalo da primeira: Coronavac, 28 dias; Astrazeneca, 12 semanas; Pfizer, 21 dias para pessoas com 18 anos ou mais, e 56 dias para jovens de 12 a 17 anos.

Importante ressaltar que as doses de AstraZeneca serão oferecidas até o fim do estoque. Quando acabarem, o imunizante Pfizer será oferecido para completar o esquema vacinal.

DOCUMENTAÇÃO.
Os postos de vacinação funcionam das 8 às 16 horas. Confira abaixo a relação de locais disponíveis, de acordo com o imunizante oferecido. Todos devem apresentar documento com foto, CPF e comprovante de residência em Santos.

No caso de segunda dose e dose de reforço, também devem levar a carteirinha da campanha de vacinação contra a covid-19. Imunossuprimidos precisam apresentar algum comprovante de sua condição (cópia de laudo, exame ou declaração do médico, por exemplo).

A lista completa de públicos atendidos, documentos e comorbidades pode ser consultada aqui .

DOAÇÃO.
Quem for aos postos de vacinação pode contribuir com doações de mantimentos e itens de higiene pessoal e de limpeza, a serem encaminhados pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Governo: Mário Frias contrata por quase R$ 4 milhões empresa sem licitação e sem funcionários

A sede da empresa seria uma caixa postal em um escritório virtual a 2.400 km do Rio de Janeiro

Polícia

Corregedoria investiga aparição de pênis de borracha em academia da PM

A academia do Barro Branco tem aproximadamente 660 cadetes, além de cerca de 140 funcionários

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software