X

Saúde

Mongaguá se mantém com o menor índice de mortalidade infantil da região

Os dados foram apresentados nesta quarta-feira (27), pela Diretoria Regional Baixada Santista

Da Reportagem

Publicado em 28/07/2022 às 12:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Foto: Dyego Gonçalves/ Prefeitura de Mongaguá

A cidade de Mongaguá, segundo os dados do Governo do Estado de São Paulo, continua com o menor índice de mortalidade infantil da região. Os dados foram apresentados nesta quarta-feira (27), pela Diretoria Regional Baixada Santista, na reunião do Comitê Mortalidade Regional da Baixada Santista.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Os dados são de bebês nascidos dentro e fora do Município, com quase 350 partos e um coeficiente 5,8%. Além disso, Mongaguá é a única cidade da região que, até o momento, não registrou grávidas com menos de 15 anos e nenhum óbito materno em 2022.

O diretor de Saúde, Marcelo Marco, reforça que a boa colocação faz parte de um trabalho em conjunto. "Com os investimentos do Poder Público e o trabalho que vem sendo realizado, tanto nas Unidades Básicas, como no Centro Médico e no Pronto Socorro Infantil do Hospital, nós conseguimos manter esse índice. Agora, vamos trabalhar para diminuir ainda mais esses números".

Referência regional 
O Centro Médico Ana Maria Lúcio Pereira e o Hospital e Maternidade Dra. Adoniran Correa Campos (HMM) são referências na região. No total, as unidades realizaram juntas, 38.740 atendimentos voltados à especialidade, em 2021. O Hospital Municipal também realizou 17 partos expulsivos durante o mesmo período.

Já em 2022, o HMM realizou 11 partos expulsivos e 27.653 atendimentos pediátricos e o Centro Médico realizou 373 atendimentos pediátricos de alto risco e 842 atendimentos de pré-natal de alto risco. Além disso, o Centro Médico agora conta com uma médica ginecologista e obstetrícia especializada em Medicina Fetal e com os exames de ultrassonografia morfológica fetal de primeiro trimestre com doppler colorido, um recurso utilizado para medir o fluxo sanguíneo em determinados vasos maternos e/ou fetais.

Atenção básica
Além dos atendimentos pediátricos de rotina, agora a atenção básica conta com a vacina BCG em livre demanda. A aplicação dessa vacina permite a prevenção de formas graves de tuberculose, como a meningite tuberculosa e a tuberculose miliar (forma disseminada). Já o Comitê de Mortalidade Materno-Infantil de Mongaguá é responsável por debater e traçar ações sobre o assunto.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Praiamar Shopping recebe exposição de carros antigos

Chamada 'Carona para o Passado', mostra terá 16 veículos consagrados da Volkswagen expostos na Praça Central do mall a partir da próxima quinta-feira (18)

COTIDIANO

SLT libera gaveta central da travessia Santos/Guarujá

A modernização da gaveta central do Guarujá teve investimento do Departamento Hidroviário de R$ 3,5 milhões, com potencial para beneficiar mais de 30 mil pessoas que utilizam o serviço diariamente, em média

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software