São Paulo e Cruzeiro se enfrentam hoje em busca de paz

No retrospecto entre os dois times, o São Paulo é uma grande pedra no sapato do Cruzeiro. Em 62 partidas pelo Brasileiro, o tricolor venceu 35 e empatou 15 vezes, enquanto o time mineiro só triunfou em 12 oportunidades.

Comentar
Compartilhar
02 JUN 2019Por Folhapress06h01
O meia Robinho concedeu entrevista coletiva na Toca da Raposa.Foto: Facebook/Cruzeiro Esporte Clube

Depois de uma semana pra lá de turbulenta com uma crise interna envolvendo investigações por suspeita de falsidade ideológica, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro, o Cruzeiro tenta se afastar pelo menos da crise dentro de campo. Sem vencer há cinco partidas, o clube entra em campo pela sétima rodada do Brasileiro, neste domingo, às 16h, no Pacaembu, contra um dos seus maiores carrascos no país: o São Paulo.

Para a partida contra o time paulista, que entra em campo após queda na Copa do Brasil e que está há quatro jogos sem vitória, o técnico Mano Menezes terá que mexer na equipe. Na lateral direita, ele não conta com Edilson nem Orejuela, seus dois jogadores de ofício. O jovem Weverton, marcado por aplicar um rolinho no craque Neymar, foi dispensado dos treinamentos na Granja Comary e voltou a campo a pedido do Cruzeiro. 

Porém, sua utilização no início da partida é improvável. Além disso, o comandante celeste ainda terá que escolher um jogador para formar a dupla de volantes, já que a tendência é que Romero seja improvisado nos lados do campo.

Sobre os desfalques, a maior dúvida é no meio-campo. Como Lucas Romero deverá ser improvisado na lateral, a vaga ao lado de Henrique fica vaga para Lucas Silva ou Ariel Cabral. O volante Lucas Romero e o meia Rodriguinho estão pendurados para o confronto. O Cruzeiro não tem jogadores suspensos para o jogo.

O técnico Cuca não definiu o time, mas deve contar com a volta de Luan no meio. O atacante Éverton, machucado, está fora.

No retrospecto entre os dois times, o São Paulo é uma grande pedra no sapato do Cruzeiro. Em 62 partidas pelo Brasileiro, o tricolor venceu 35 e empatou 15 vezes, enquanto o time mineiro só triunfou em 12 oportunidades.

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Igor Vinícius, Walce (Anderson Martins), Bruno Alves e Reinaldo; Hudson (Luan), Tchê Tchê e Hernanes; Helinho, Pato e Toró.?
T.: Cuca

CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Ariel Cabral); Thiago Neves, Robinho e Marquinhos Gabriel; Fred.
T.: Mano Menezes

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Horário: 16h deste domingo
Juiz: Braulio da Silva Machado (SC)

Colunas

Contraponto