Santos repete time, mas conta com B. Henrique no banco para vencer 4ª seguida

O atacante recebeu o aval dos médicos do clube para voltar a atuar e foi relacionado para o duelo contra o Bahia

Comentar
Compartilhar
20 ABR 2018Por Estadão Conteúdo22h00
Bruno Henrique ficará como opção no banco de reservasBruno Henrique ficará como opção no banco de reservasFoto: Divulgação/Santos FC

O Santos entra em campo neste sábado, às 16 horas, para enfrentar o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, no seu segundo compromisso no Campeonato Brasileiro, apostando no entrosamento para ampliar o seu bom momento, mas também contando com uma "nova" arma que pode ser acionada do seu banco de reservas: o atacante Bruno Henrique.

Após realizar diversos testes e utilizar 33 jogadores nos 20 primeiros compromissos em 2018, o técnico Jair Ventura indicou ter encontrado o time-base do Santos para a sequência da temporada, aquele escalado na estreia no Brasileirão no último sábado, quando a equipe superou o Ceará por 2 a 0 no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

A formação vai ser repetida diante do Bahia, um fato até agora raro na passagem de Jair Ventura pelo Santos. Afinal, antes do compromisso em Salvador, o técnico só havia repetido a escalação entre um jogo e outro uma vez nos duelos contra o Botafogo, de Ribeirão Preto (SP), pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

E aquela escalação é exatamente a que vai atuar neste sábado, em uma confirmação de ser mesmo a favorita de Jair Ventura com Vanderlei no gol, Daniel Guedes e Dodô nas laterais, David Braz e Lucas Veríssimo na zaga, o meio de campo formado por Alison, Léo Cittadini e Jean Mota e o trio ofensivo composto por Rodrygo, Gabriel e Eduardo Sasha.

Essa escalação deu ao Santos ao triunfo sobre o Ceará, naquela que foi a terceira vitória consecutiva do time na temporada, sequência que só foi alcançada em uma outra oportunidade diante de São Caetano, São Paulo e Santo André. Agora, na atual sequência, os outros triunfos foram sobre Palmeiras e Estudiantes, sendo que uma quarta vitória seria algo inédito em 2018.

E essa nova série foi assegurada em um momento de maior folga para o Santos, que tem disputado um jogo por semana neste momento da temporada, algo também provocado pela queda nas semifinais do Paulistão. Com mais tempo para treinos, Jair Ventura tem apontado evolução técnica do time dentro de campo. "Quando os treinadores tem tempo para trabalhar os resultados aparecem em campo, mas sei que isso é uma utopia", afirmou.

Só que esse cenário de maior tempo para treinos chegará ao final agora, tanto que nesta terça-feira o time já tem novo compromisso pela Copa Libertadores, diante do Estudiantes, no estádio da Vila Belmiro, em Santos. E os jogos do Brasileirão serão intercalados com compromissos do torneio continental e também da Copa do Brasil.

"Todas as vezes que tivemos a semana cheia para trabalhar fomos bem nos jogos. O Jair tem passado tudo sobre o Bahia e logo após vamos pensar no Estudiantes. Creio que vai dar tudo certo", disse o atacante Rodrygo.

Neste momento de retomada do apertado calendário, o Santos ganhou um trunfo. Desfalque desde a rodada inicial do Paulistão, quando sofreu lesões no olho direito, Bruno Henrique recebeu o aval dos médicos do clube para voltar a atuar e foi relacionado para o duelo contra o Bahia.

O atacante ficará como opção no banco de reservas e deverá receber chance durante duelo contra um adversário de ótima memória para ele. Afinal, foi contra o Bahia que ele marcou todos os gols da vitória por 3 a 0 no Brasileirão de 2017, em julho, no estádio do Pacaembu.

Agora, então, diante do Bahia, retorna ao time como opção para Jair Ventura e em busca do ritmo para retomar o alto nível de atuação apresentado em 2017 para ajudar o Santos a emplacar a inédita quarta vitória consecutiva na temporada e começar a recuperar o espaço que era dele até se lesionar.