Renato descarta empate fora de casa e projeta vitória contra o Flu

Camisa 8 do Peixe não vê um empate no Espírito Santo como um bom resultado e torce pela segunda vitória do Peixe fora de casa no Brasileirão

Comentar
Compartilhar
21 JUN 2016Por Diário do Litoral21h50
O volante Renato pensa apenas numa vitóriaO volante Renato pensa apenas numa vitóriaFoto: Divulgação/SFC

Após derrota para o Atlético-PR, no último domingo, o Santos volta a campo no Brasileirão nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Fluminense, no Estádio Kleber Toledo, em Espírito Santo. Mesmo jogando fora de casa, o volante Renato pensa apenas numa vitória. Ele entende que um empate seria um resultado negativo para o Alvinegro.

"Se colocarmos na balança, empate fora nós classificamos com bom resultado. Mas, a gente vinha no G4, perdemos (para o Atlético-PR por 1 a 0) e, com a derrota, (o líder Palmeiras) abriu seis pontos. Sabemos que não podemos dar muitas chances para depois correr atrás. Os três pontos seriam fundamentais", afirmou o camisa 8.

Nesta temporada, pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe realizou cinco partidas fora de casa. Foram três derrotas (Atlético-MG, Corinthians e Atlético-PR), um empate (Figueirense) e uma vitória sobre o Santa Cruz, por 2 a 0. O aproveitamento é de apenas 26%. Foram cinco gols sofridos e outros quatro marcados à favor.

No último ano, o desempenho foi ainda pior. Em 19 jogos realizados, foram 11 derrotas, sete empates e apenas uma vitória. O único triunfo foi contra o Cruzeiro, no dia 30 de agosto, de 2015, no Mineirão, em Belo Horizonte. Na ocasião, o centroavante Ricardo Oliveira selou a vitória por 1 a 0, com golaço de fora da área.

A esperança para voltar a encontrar o caminho das vitórias longe dos seus domínios passa pelo mau momento do Fluminense. O clube carioca não conta com o ídolo Fred, negociado para o Atlético-MG, e vem de uma fraca sequência. Nas últimas cinco rodadas do Brasileirão, com 15 pontos em disputa, foram apenas seis conquistados, com uma vitória e três empates.

"Fred é perigoso, um líder pro Fluminense. Eke fazia diferença, mas o Flumimense mostra que tem grupo de qualidade. Perde muito na parte do entrosamento, sabiam como se movimentava e agora precisam de uma adaptação. Mas acredito que vai ser uma partida complicada", completo.