Palmeiras sai na frente, mas cede o empate ao Fluminense

Times fizeram um jogo de pouca emoção no Maracanã

Comentar
Compartilhar
13 AGO 2020Por Da Reportagem00h15
Fluminense e Palmeiras ficaram no 1 a 1 no MaracanãFoto: LUCAS MERÇON/FFC

O Palmeiras ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Fluminense nesta quarta-feira (12) no Maracanã. O jogo, de poucas emoções, foi válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e marcou a estreia do Verdão no torneio - o duelo contra o Vasco, marcado para o último domingo (9), foi adiado devido à final do Paulistão. Luiz Adriano e Evanílson fizeram os gols do jogo, ambos no primeiro tempo. 

As duas equipes voltam a atuar  no próximo fim de semana: o Verdão recebe o Goiás, sábado (15), às 21h30, no Allianz Parque, enquanto o Fluminense recebe o Internacional, domingo (16), às 18h, novamente no Maracanã.

Autor do gol do Palmeiras na final do Campeonato Paulista, Luiz Adriano abriu o placar no Maracanã em uma jogada rápida, a partir do desarme de Vitor Hugo em Fred, aos 14 minutos. Foi oitavo gol do camisa 10 na temporada, e ele agora divide a artilharia alviverde em 2020 com Willian.

O centroavante foi um dos cinco jogadores mantidos na equipe em relação aos titulares no dérbi de sábado contra o Corinthians e teve participação decisiva mais uma vez. Por pouco, não marcou também na etapa final - seu chute de perna esquerda saiu rente à trave de Muriel.

No ataque tricolor, Fred não teve a mesma sorte. Recuperado de uma cirurgia no olho, ele voltou com a expectativa de resolver os problemas ofensivos do Fluminense, mas sua atuação foi discreta e durou pouco: aos 32 minutos, o atacante sentiu um incômodo e deu lugar a Marcos Paulo.

A troca, ainda que fora dos planos, tornou o time tricolor mais perigoso. O camisa 11, inclusive, teve participação decisiva no empate: o toque de cabeça iniciou a jogada do gol de Evaníson. Marcos tornou-se com isso o líder em assistências da equipe na temporada: são cinco.

 

Vanderlei Luxemburgo decidiu colocar seis novos jogadores (Jailson, Luan, Vitor Hugo, Bruno Henrique, Raphael Veiga e Rony) no Palmeiras para que a equipe mantivesse o fôlego quatro dias depois de conquistar o Paulista. A ideia, porém, não surtiu efeito. A atuação alviverde foi arrastada, mesmo saindo em vantagem. Com o meio-campo espaçado, o time alviverde não foi bem no primeiro tempo. Após o intervalo, até ficou mais com a bola, mas sem grande perigo.

Enquanto isso, Evanílson foi o brilho solitário do opaco Fluminense em campo. Assim que reassumiu a condição de centroavante da equipe com a lesão de Fred, o camisa 99 precisou de uma chance e apenas seis minutos para balançar as redes em um lance clássico dos jogadores da posição: matada, proteção de bola e finalização certeira. Foram dos pés dele que saíram as principais jogadas de perigo do time de Odair Hellmann. (com Folhapress)

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 PALMEIRAS

FLUMINENSE
Muriel; Igor Julião, Luccas Claro, Nino, Egídio; Dodi, Yago Felipe (Ganso), Michel Araújo, Nenê (Luís Henrique); Evanílson (Wellington Silva), Fred (Marcos Paulo). T.: Odair Hellmann

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo, Viña; Bruno Henrique (Ramires), Gabriel Menino (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Lucas Lima); Zé Rafael (Gustavo Scarpa), Rony (Willian), Luiz Adriano. T.: Vanderlei Luxemburgo

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro
Juiz: Rafael Traci (Fifa/SC)
Cartões amarelos: Fred, Wellington Silva (Fluminense); Luan, Rony, Gustavo Scarpa (Palmeiras)
Gols: Luiz Adriano, aos 14min do primeiro tempo (Palmeiras); Evanílson, aos 38min do primeiro tempo (Fluminense)