Nicholas Santos ganha ouro e bate recorde em Pequim

Dividiram o pódio com o nadador da Unisanta o sul-africano Roland Schoeman e o americano Thomas Shields, prata e o bronze consecutivamente

Comentar
Compartilhar
13 NOV 201317h31

O atleta da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Nicholas Santos, ganhou ouro e bateu seu próprio recorde sul-americano de 2009 (22s16) nos 50m borboleta. Com o tempo de 22s13, Nicholas colocou mais uma dourada no peito nesta quarta-feira (13), na piscina do ‘Cubo D’Água’, na China, palco da última etapa da Copa do Mundo da FINA em Piscina Curta deste ano.

Dividiram o pódio com o nadador da Unisanta o sul-africano Roland Schoeman (22s37) e o americano Thomas Shields (22s78), que conquistaram a prata e o bronze consecutivamente.

Outros atletas brasileiros ganharam medalhas no ‘Cubo D’Água’, local das disputadas de natação dos Jogos Olímpicos de 2008. Foram eles: João Gomes Júnior faturou o bronze nos 50m peito (26s65), e Guilherme Guido, Felipe Lima, Larissa Oliveira e Graciele Herrmann deram a terceira medalha ao Brasil no revezamento 450m medley misto (1m42s07). Os dois primeiros tempos foram da Austrália (1m38s23) e da China (1m39s55).

O Circuito da Copa do Mundo da FINA termina nesta quinta-feira, 14/11, com o fim da etapa de Pequim.

Nicholas Santos ganhou ouro e bateu seu próprio recorde sul-americano de 2009 (22s16) nos 50m borboleta, em Pequim (Foto: Divulgação/Unisanta)