Modesto garante que Ricardo Oliveira assina novo contrato nesta segunda

As conversar entre a diretoria do Peixe e o staff do artilheiro do Campeonato Paulista começaram há pouco mais de um mês e, o que parecia questão de tempo, acabou se transformando em uma grande novela

Comentar
Compartilhar
26 ABR 201520h37

A novela sobre a renovação contratual de Ricardo Oliveira está perto de um final feliz. Neste domingo, ao passar pelos jornalistas que cobriam a final entre Palmeiras e Santos, logo após o fim do jogo, que terminou com a vitória alviverde por 1 a 0, Modesto Roma Jr foi breve ao ser questionado sobre a negociação com o camisa 9. 

“Ele fica até maio de 2018, vamos assinar amanhã”, cravou o presidente. 

As conversar entre a diretoria do Peixe e o staff do artilheiro do Campeonato Paulista começaram há pouco mais de um mês e, o que parecia questão de tempo, acabou se transformando em uma grande novela.

A demora para selar o acordo e a valorização que o centroavante teve com o despenho na competição fizeram clubes como o São Paulo sondarem o atleta. Ricardo Oliveira nunca escondeu seu desejo de permanecer na Vila Belmiro, mas cobrou uma definição durante a semana que antecedeu o clássico deste domingo justificando que a demora estava gerando muito falatório.

Ricardo Oliveira durante a primeira partida final do Campeonato Paulista 2015 (Foto: Anderson Rodrigues/Frame)

O contrato que Ricardo Oliveira deve assinar nesta segunda-feira terá um ano a mais do que previa as primeiras conversas entre as partes. O plano, antes, era um vínculo até 2017. 

Prestes a completar 35 anos, faz aniversário em maio, o jogador receberá um salário R$ 150 mil por mês e com bonificações que podem elevar seus vencimentos a R$ 200 mil, valor imposto pela nova diretoria como teto salarial. A exceção é Robinho. 

A quantia está bem abaixo do que pediu o staff de Ricardo Oliveira no início da negociação, mas o longo tempo de contrato foi preponderante para o acerto. 

O atual vínculo do camisa 9 vai apenas até o próximo domingo e seu salário nesses quase quatro meses, desde que retornou ao Santos, após 12 anos, era de R$ 50 mil. O clube admite que fez a oferta, em janeiro, pensando em ‘testar’ o atleta, que estava há cinco temporadas no futebol árabe. Agora, aprovado, Ricardo Oliveira colherá os frutos se a nova promessa do presidente Modesto for cumprida e o atacante assinar sua renovação nesta segunda.