Kleina poupa Wendel e surpreende ao escalar Palmeiras

O time titular que treinou foi Bruno; Tiago Alves, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, França, Bruno César e Valdivia; Leandro e Alan Kardec

Comentar
Compartilhar
21 MAR 201418h57

O técnico Gilson Kleina definiu a equipe do Palmeiras para o clássico contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro, com novidades. A principal delas é que Wendel, pendurado com dois cartões amarelos, foi poupado e não deve ficar sequer no banco de reservas. Na lateral-direita, o treinador surpreendeu e escalou Tiago Alves no setor.

"Ele já fez essa função na Ponte Preta", explicou o treinador. Entretanto, o zagueiro nunca atuou no setor durante os treinamentos feitos na Academia de Futebol. No segundo tempo do coletivo, vencido pelos titulares por 4 a 0 (gols de Leandro, dois, Juninho e Bruno César), o volante Bruninho também foi utilizado na lateral, mas a tendência é que Tiago Alves seja o titular. Bruno Oliveira, lateral-direito de origem, não pode ser testado porque se recupera de uma lesão.

Durante o coletivo, o desfalque ficou para o goleiro Fernando Prass, liberado para resolver assuntos particulares. O time titular que treinou foi Bruno; Tiago Alves, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, França, Bruno César e Valdivia; Leandro e Alan Kardec. Já a equipe reserva treinou com Fábio; Bruninho, Victorino, Wellington e William Matheus; Renato, Felipe Menezes, Patrick Vieira e Serginho; Mazinho e Vinícius.

A ideia de Kleina foi montar o time reserva com a mesma formação que o Santos deve atuar no domingo. Juninho e Bruno César foram os destaques do treino, com bons cruzamentos e passes na medida para os atacantes.

O técnico Gilson Kleina definiu a equipe do Palmeiras para o clássico contra o Santos (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)